sexta-feira, 31 de julho de 2015

SEMÁFORO CONTINUA CHAMANDO PREFEITURA DE INCOMPETENTE



O semáforo do cruzamento da 24 de Maio com Alcindo Rocha, no Centro de Camocim, continua chamando a prefeitura de incompetente, em especial a "administraçãozona" que ai está. Aliás, tudo o que os cara de pau criticavam quando eram oposição se voltou contra eles redobrado.  Tudo está gritando, escancaradamente: aguenta!  Agora é Ela!

Carlos Jardel

VENDE -SE TERRENO NA PRAIA DO MACEIÓ


Vende-se terreno localizado na principal rua da comunidade Turística da Praia do Maceió. Interessados entrar em contato através dos telefones (88) 998241483/ (88) 992851601.

Carlos Jardel

OFERTAS DE EMPREGO


CONFIRA AS OFERTAS CAMELONA


RAPIDINHAS DA EDUCAÇÃO

Diretores beija-flores

Tem escolas hoje que conta com seis (6) coordenadores, fora o diretor. Isso significa que a qualidade da educação deu um salto de qualidade. #SQN “Só que Não”. A situação das escolas está tão séria que os coordenadores estão se revezando para suprir a ausência dos diretores “beija-flores”. Só passam por lá, dão o ar da graça e partem para o 2º expediente em casa. 

Salvou-se uma alma

“Usturdia” os alunos de uma determinada escola pública tiveram no cardápio da merenda escolar arroz com peixe (até parece que uma alma vai se salvar). Peixe é até uma boa pedida já que este nome incomoda tanto. 

Abaixo o regime da "sopolândia"!

A lenda do notebook

No Livro das Lendas”, pagina 11, item 11,  diz que todos os professores receberiam um notebook para a melhoria dos seus trabalhos, facilitando as atividades escolares. #SQN *Caderno de Propostas para o plano de governo.

Oremos...

Carlos Jardel

CONVITE MISSA DE 7º DIA

Os familiares de Maria Braulia Mendes Cunha, que faleceu no sábado, dia 25 de Julho, convida parentes e amigos para a  Missa de 7º dia na Igreja Matriz de Granja, às 19h deste sábado, dia 1° de agosto.  A família, enlutada, agradece a todos que comparecerem a este gesto de solidariedade cristã.

Carlos Jardel

CORRETOR DE IMÓVEIS EDU ALBUQUERQUE AJUDANDO NO SONHO DA CASA PRÓPRIA.

O Corretor de imóvel Edu Albuquerque entregou mais uma chave e ajudou no sonho da casa própria. Agora foi a vez do nosso amigo conhecido carinhosamente como "Negão do Cuchicho". Ele ganhou todo o subsídio e ficou com as parcelas confortáveis ao seu orçamento.

Agende uma visita com corretor de imóvel Edu Albuquerque e faça um bom negócio, invista no seu sonho da casa própria com quem gera credibilidade. Os melhores imóveis com os melhores preços, que podem ser financiados pelo Banco do Brasil ou pela Caixa Econômica.

Contatos: (88) 96257571 (88) 92188950 . Email: edu-construcoes@hotmail.com

Fonte: Politica em Evidência

VEREADOR RICARDO PASSA MAL E É LEVADO PARA HOSPITAL

Na noite da quarta-feira, dia 29, por volta das 19h, o vereador Ricardo Vasconcelos passou mal,  sendo levado com urgência para a cidade de Sobral, em busca de atendimento médico, mas, antes, teve que ser atendido no serviço de Emergência do Hospital da cidade de Granja, onde foi medicado para controle da pressão arterial. Ficou em observação, aproximadamente por duas horas, e em seguida seguiu para Sobral onde foi atendido no Hospital da Unimed. O vereador  foi medicado e passa bem.

Carlos Jardel

MAIS DOIS SÃO EXPULSOS DO PMDB

O Conselho de Ética do PMDB expulsou mais dois integrantes nesta quarta, 30. Os prefeitos de Santa Quitéria, Fabiano Lobo, e de Nova Russas, Gonçalo Diogo, foram defenestrados da legenda por infidelidade partidária.

De acordo com o advogado Fernando Ferrer, integrante do colegiado, nenhum dos dois compareceu ao julgamento. Os relatórios apresentados pelos relatores Vitor Pinheiro e Carmén Lucia foram aprovados por unanimidade. Gonçalo Diogo já havia anunciado a intenção de deixar o partido. Entretanto, de acordo com Ferrer, o conselho não recebeu o pedido de desfiliação. 

Apesar das expulsões, nenhum dos dois correm o risco de perder o mandato. De acordo com a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF), os mandatos majoritários (senadores, prefeitos, governadores e presidente, além dos eventuais vices) pertencem ao seus titulares. Os mandatos proporcionais (vereadores, deputados estaduais e federais), ao contrário, pertencem às legendas. Para Marlon Cambraia, presidente da Comissão de Ética, “a decisão do STF mitigou o trabalho das comissões de ética de qualquer partido”.

Os julgamentos contra prefeitos ocorrem exatamente uma semana após a expulsão de Carlos Mesquita do PMDB. Na quinta-feira, 23, a comissão de ética do PMDB do Ceará se reuniu para julgar o vereador. A expulsão do parlamentar foi aprovada em relatório apresentado pelo advogado Fernando Férrer. De acordo com Mesquita, sua expulsão se deu por “não querer ser escravo de coronéis”.

Os processos geraram um mal-estar dentro do partido. Na quarta, 29, o deputado federal Danilo Forte os classificou como macartismo. Para Forte, os processos “afastam aquelas pessoas que poderiam ingressar no partido, e não o fazem por medo deste macarthismo, dessa perseguição”. O termo “macartismo” se refere à perseguição ideológica encabeçada pelo senador americano Joseph McCarthy durante a Guerra Fria contra supostos simpatizantes do comunismo. Virou sinônimo de perseguição política.

Defensores da ação reagiram. "Um deputado federal deve zelar pelo cumprimento do regimento partidário", afirmou Ferrer. Gaudêncio Lucena, vice-prefeito e vice-presidente do PMDB cearense declarou que "quando um político se sente confortável para fazer uma declaração dessa, acredito que é extremamente necessária a intervenção da comissão de ética para fortalecer nosso partido". Para ele, a fala de Forte foi uma "excrescência".


Redação O POVO Online

CERCA DE 17 MIL ESTUDANTES AINDA AGUARDAM COMPUTADORES DO ESTADO

Se tivesse recebido o computador prometido pelo Governo do Estado ainda em 2014, o estudante do curso de Ciências Sociais, da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Adriel Pinheiro, 18, teria a vida mais fácil. “Hoje, eu preciso recorrer aos meus amigos ou a uma lan house. O problema é que nem sempre os equipamentos dos conhecidos estão disponíveis e eu tenho que gastar muito dinheiro”, lamenta. Aluno da escola pública no ensino fundamental e médio, Adriel conseguiu a premiação ao se destacar, ainda no 2º ano, no Exame Nacional do Ensino Médio, no fim de 2013, mas, até o momento, ainda não recebeu o notebook.

Um total de 16.614 alunos da rede pública que tiveram bom desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e no Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (Spaece), em 2013 e 2014, ainda esperam receber os notebooks prometidos pelo Governo do Estado. A premiação é garantida pela lei nº 14.483, de 2009, reformulada em 2012 através da lei nº 14.691. Nela, alunos das três séries do ensino médio de escolas estaduais devem receber computadores se atingirem médias satisfatórias tanto no Enem quanto no Spaece.

As pontuações mínimas para receber o prêmio são 325 pontos em Língua Portuguesa e 350 pontos em Matemática, na avaliação do Spaece. Já para o Enem, a nota menor é 540 para alunos do 2º ano do ensino médio e 560 pontos para os alunos do 3º ano. A espera pelos equipamentos foi noticiada pelo O POVO em março e em junho deste ano.

O vice-presidente do Sindicato dos Professores e Servidores no Ceará (Apeoc), professor Reginaldo Pinheiro, afirma que o sindicato solicitou uma pauta para discutir com o Estado a questão. “O Governo deve explicar a razão da demora dos computadores. É uma cobrança para se ter respeito à legislação”, diz.

Em nota, a assessoria de imprensa da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) informa que realizou licitação para a compra de 32 mil computadores, relativos aos anos de 2013 e 2014, conforme orienta a Lei de Licitações 8.666/93. O restante dos computadores deve ser destinado ao alunos que alcançarem as notas este ano. O processo continua em andamento na Central de Licitações da Procuradoria Geral do Estado (PGE). A licitação foi realizada no último dia 6 e agora está na fase de homologação.

Redação O POVO Online

POLÍCIA MILITAR PRENDE HOMEM ACUSADO DE AMEAÇAR O PREFEITO DA CIDADE.

A Polícia Militar da cidade de Granja prendeu durante a noite de quarta-feira, 29, um homem identificado como César Augusto Costa, mais conhecido como César Cassimiro, o qual é sobrinho do vereador da cidade de Granja Milton Cassimiro. No dia 08 de junho deste ano, o prefeito da cidade de Granja, Romeu Aldigueri, prestou um B.O. na Superintendência da Polícia Civil em Fortaleza, denunciando que César havia lhe ameaçado de morte através das redes sociais. Diante das supostas ameaças a justiça da cidade de Granja expediu uma mediada protetiva em favor do prefeito e determinando que o acusado mantivesse uma distância mínima do gestor municipal, caso contrário poderia responder por crime de desobediência.

Já por volta das 19h30min de quarta-feira, 29, os pm’s do destacamento local receberam uma denúncia dando conta que César estaria na calçada da prefeitura, local onde também estava o prefeito, desobedecendo assim a ordem da justiça. Os militares se deslocaram até o endereço e constatando o fato, deram voz de prisão ao suposto acusado e o conduziram a para a DPC de Camocim.

Na delegacia, em sua justificativa César teria dito aos pm’s que sabia da medida protetiva, no entanto, não sabia que o prefeito estaria naquela hora na prefeitura municipal. O caso foi apresentado ao delegado plantonista que o enquadrou através de T.C.O com base no crime previsto no artigo 330 do Código Penal Brasileiro (desobediência), sendo prontamente liberado após os procedimentos.

Efetuaram a prisão: Sgt Veras, Cb Gomes e Sd Joelmo 

Fonte: Camocim Polícia 24h.

A MALDIÇÃO DA RODOVIÁRIA ENCANTADA

Reza a crendice popular que em local onde descansam os mortos não se deve mexer, muito menos tirar sua finalidade costumeira, pois poderá recair uma maldição perigosa, infortúnio nunca visto para aqueles que arrogantemente tentam profanar este solo sagrado. Particularmente, como bom cristão que sou ou tento ser, não acredito em tais crenças supersticiosas, mas relato alguns fatos por deveras estranhos e misteriosos. Ora, numa pequena cidade não muito distante, eis que um cemitério fora transformado em rodoviária, em nome do progresso e do desenvolvimento. Imaginem só! Não me recordo exatamente destes tempos idos, mas segundo alguns foi um desassossego desencavar e transladar os restos mortais daqueles que nem depois da hora derradeira encontraram o tão merecido descanso.

Uma vez consumada a mudança de sepulcrário para terminal rodoviário, lembro que em minha tenra idade, circulava nos finais de semana com outros mancebos por aquelas calçadas, em voltas intermináveis jogando conversa fora, enquanto os mais atrevidos punham-se a namoricar. O tempo passou e quando ninguém esperava mais a velha urucubaca, eis que ela se desenha subitamente. Primeiro, em dois incêndios repentinos em um dos seus quiosques (felizmente sem vítimas e feridos) e por último, não menos importante, na obra encantada da própria rodoviária que continua a espera de seu desfecho, mais parecendo um cemitério mesmo diante de tanto descaso, transtornando a vida dos viajantes que por ali chegam ou partem. Desfecho propriamente dito, só no próximo ano, quando os interesses falarão mais alto!! O fato é que, comenta-se na surdina, que essa maré de azar tem nome e sobrenome, atormenta diuturnamente o povo não só ali naquele local, mas em todos os outros. Prefiro chamar MALDIÇÃO E URUCUBACA aqui de outro jeito, INCOMPETÊNCIA! Deixemos os mortos de lado, pois os culpados estão bem vivos...

César Rocha

quinta-feira, 30 de julho de 2015

OFERTAS DE EMPREGO



SERVIDORES DO IFCE CAMPUS CAMOCIM EM GREVE


Os servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) campus Camocim informam a todos que em 23 de julho decidiram por maioria aderir à greve da educação. Diante disso, as aulas foram suspensas por tempo indeterminado e haverá funcionamento parcial das atividades. Esta mobilização acontece em âmbito nacional com mais de 65 universidades e institutos federais em defesa da educação pública, e em pauta está a batalha dos trabalhadores e estudantes contra o corte de 9,42 bilhões no orçamento do MEC, o projeto político e o pacote de ajustes que vem sendo implementado pelo Governo Federal. As reivindicações são gerais e específicas, com destaque para a rejeição aos cortes orçamentários do Governo Federal, pela garantia de recursos para custeio e assistência estudantil, por educação pública de qualidade, por reposição salarial linear de 27,3% e pelo respeito ao direito à jornada de trabalho de 30 horas para os servidores técnico-administrativos. 

Os servidores convidam toda comunidade a participar de uma reunião quinta-feira dia 30 de julho, às 14h, no IFCE campus Camocim (R. Raimundo Cals nº 2041 Cidade com Deus) para tirar dúvidas sobre a greve com a presença de integrantes do SINDSIFCE e do Comando de Greve.

Carlos Jardel

GRANJA-CE: POLÍCIA MILITAR PRENDE HOMEM ACUSADO DE AMEAÇAR O PREFEITO DA CIDADE.

A Polícia Militar da cidade de Granja prendeu durante a noite de quarta-feira, 29, um homem identificado como César Augusto Costa, mais conhecido como César Cassimiro, o qual é sobrinho do vereador da cidade de Granja Milton Cassimiro. 

No dia 08 de junho deste ano, o prefeito da cidade de Granja, Romeu Aldigueri, prestou um B.O. na Superintendência da Polícia Civil em Fortaleza, denunciando que César havia lhe ameaçado de morte através das redes sociais. Diante das supostas ameaças a justiça da cidade de Granja expediu uma mediada protetiva em favor do prefeito e determinando que o acusado mantivesse uma distância mínima do gestor municipal, caso contrário poderia responder por crime de desobediência. Já por volta das 19h30 de quarta-feira, 29, os pm’s do destacamento local receberam uma denúncia dando conta que César estaria na calçada da prefeitura, local onde também estava o prefeito, desobedecendo assim a ordem da justiça. Os militares se deslocaram até o endereço e constatando o fato, deram voz de prisão ao suposto acusado e o conduziram a para a DPC de Camocim. 

Na delegacia, em sua justificativa César teria dito aos pm’s que sabia da medida protetiva, no entanto, não sabia que o prefeito estaria naquela hora na prefeitura municipal. O caso foi apresentado ao delegado plantonista que o enquadrou através de T.C.O com base no crime previsto no artigo 330 do Código Penal Brasileiro (desobediência), sendo prontamente liberado após os procedimentos.

Camocim Polícia 24h

TÉRMICAS CONTINUARÃO LIGADAS E BANDEIRA DE TARIFA DEVE SEGUIR VERMELHA EM AGOSTO

O consumidor deve se preparar para continuar pagando mais caro pela conta de energia elétrica a partir do próximo mês de agosto. O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, disse nesta terça-feira (28) que há uma tendência de manutenção do sinal vermelho no sistema de bandeiras tarifárias em agosto. 

Segundo Rufino, embora haja melhora no cenário de chuvas em julho e tendência de redução do consumo até o fim do ano, as usinas térmicas continuarão ligadas, por enquanto. Para o diretor da Aneel, "a situação mais equilibrada entre oferta e demanda" já tem se refletido nos preços de energia negociada à vista. 

O sistema de bandeiras tarifárias começou a valer no início deste ano. O novo mecanismo sinaliza mensalmente o aumento do custo de energia nas contas de luz. O valor da bandeira vermelha é de R$ 5,50 a cada 100 quilowatts-hora (kwh) consumidos. Já o valor da bandeira amarela é de R$ 2,50 por 100 khw. Não há acréscimo de custo na bandeira verde. 

A informação está publicada na edição desta quarta-feira (29) do Valor Econômico.

Ceará News 7

SÓ 8% DOS DEPUTADOS FORAM A TODAS AS SESSÕES NO PRIMEIRO SEMESTRE

Tiririca entre os mais assíduos.
“Apenas 8% dos 513 deputados compareceram a todas as sessões reservadas a votação na Câmara no primeiro semestre da nova legislatura. Entre 1º de fevereiro e 17 de julho, a presença dos parlamentares só foi exigida em 67 dias. Ainda assim, somente 44 deputados participaram de todas as sessões deliberativas. Entre eles, 20 são calouros na Casa e exercem o primeiro mandato federal. Os dados são de levantamento exclusivo do Congresso em Foco, baseado em registros oficiais da Câmara. 

Entre os campeões da assiduidade no primeiro semestre da atual legislatura, quatro tiveram 100% de presença nos quatro anos da legislatura passada. Carlos Manato (SD-ES), Lincoln Portela (PR-MG), Pedro Chaves (PMDB-GO) e Tiririca (PR-SP) não faltaram a sequer uma sessão nos últimos quatro anos e mantiveram o desempenho no começo do atual mandato.

Blog do Eliomar

PREFEITA CORTA O PRÓPRIO SALÁRIO EM 25% PARA REDUZIR FOLHA EM SANTANA DO CARIRI

Em Santana do Cariri, na Região do Cariri, a prefeita Daniele de Abreu Machado, visando a redução orçamentária, mediante as dificuldades financeiras que o Município atravessa, baixou Decreto com medidas como a redução do próprio salário, o do vice-prefeito e secretários municipais em 25 %. 

Também ficou estabelecida a redução na jornada de trabalho dos servidores municipais para 6 horas diárias, em todas as repartições municipais, excetuando os órgãos vinculados à Secretaria Municipal de Saúde e aqueles que prestarem serviços de natureza essencial, como o Hospital Municipal.

Mais detalhes com o colaborador do Jornal Alerta Geral, Amaury Alencar:



Ceará Agora

quarta-feira, 29 de julho de 2015

IFCE CAMPUS DE CAMOCIM PRORROGA AS INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO TRABALHADOR

Curso de Auxiliar de Cozinha, Ciências da Natureza e Agente de Combate a Perdas de Água e Energia no Setor Saneamento

O IFCE campus de Camocim prorrogou as inscrições para os cursos Auxiliar de Cozinha, Ciências da Natureza (Química, Física e Biologia – ideal para quem vai tentar o ENEM) e Agente de Combate a Perdas de Água e Energia no Setor Saneamento. A seleção será realizada através de análise de questionário, o qual será preenchido no ato da inscrição. O campus Camocim oferta nesta seleção 50 vagas no total, sendo 20 para o curso de Ciências da Natureza (Química, Física e Biologia), 15 para o curso de Agente de Combate a Perdas de Água e Energia no Setor Saneamento e 15 para o curso de Auxiliar de Cozinha.  Cada curso terá carga horária total de 160h/a.

As inscrições serão até o dia 07 de Agosto de 2015, de 08h às 18h, sem intervalo, na sede do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, campus Camocim, localizado na Rua Dr. Raimundo Cals, Nº 2041, Bairro Cidade com Deus.

Poderão participar os interessados com os seguinte perfis: 
a) para o curso de Auxiliar de Cozinha, idade mínima de 15 anos e ensino fundamental incompleto; 

b) para o curso de Ciências da Natureza , idade mínima de 15 e Ensino Fundamental completo; 

c) para o curso de Agente de Combate a Perdas de Água e Energia no Setor Saneamento, Ensino Médio completo e possuir conhecimentos básicos de informática.

Todos os cursos são gratuitos. Confira o edital AQUI

Carlos Jardel

Informações: 
Islayne Teixeira
Técnica em Secretariado
Setor Gestão de Pessoas e Comunicação
IFCE Campus Camocim
(88) 3621.0138

TERRENO DA UPA: PREFEITURA PAGOU 130 MIL, MAS TERRENO FOI AVALIADO EM MAIS DE DOIS MILHÕES E MEIO DE REAIS.

Obra está parada

De acordo com informações obtidas pelo Revista Camocim, o terreno onde está sendo construída a UPA 24 horas, na Rua da Independência, no Centro de Camocim,  foi avaliado novamente, por determinação da justiça, em mais de dois milhões e meio de reais. O terreno tem 2.805 metros quadrados e foi desapropriado pela prefeitura sobre a alegação de dono desconhecido. A prefeitura pagou apenas um pouco mais de cento e trinta mil reais, em juízo.

Ainda conforme as informações que obtivemos, o proprietário do terreno está exigindo na Justiça que, além do pagamento honesto e devido, a prefeitura não destrua as casas compreendidas no terreno. A ação tramita na Primeira Vara da Comarca de Camocim.

Lembrando

A construção da UPA encontra-se está parada. Foi iniciada no dia 02 de janeiro de 2014 com o prazo para conclusão no dia 02 agosto de 2014. O valor total da obra é de 1.483,014,88 ( um milhão, quatrocentos e oitenta e três mil , quatorze reais e oitenta e oito centavos) 

 Carlos Jardel

RAPIDINHAS

Secretário louco?!

Tem secretário da prefeitura que prefere tomar satisfação das minhas opiniões no lugar errado. O caba é tão"voador" que nem imagina que a minha fonte está debaixo das "ventas" dele, lá, pertinho do Gabinete dele. Acorda Zé Mané!


A Prefeitura "deu CALOTE de 15 mil reais numa empresa de manutenção de semáforos, desde julho do ano passado. Ela diz ainda que as informações são repassadas pelo próprio grupo dela (prefeita)".


"Aliado da prefeita confidenciou que ela  esta comprando notas fiscais numa loja de material de Construção.  E que os proprietários estão enchendo os bolsos também (...) A Policia Federal precisa dar uma voltinha em Camocim. Podem denunciar que eu não revelo o nome nem por decreto ... Obrigada pela confiança e parabéns pela coragem de fazer a denuncia".

Impressão

Tenho a impressão que eu sou um dos melhores amigos da administração da prefeita Monica. Reflita com atenção.

Fontes:

Se eu fosse revelar as fontes do Revista Camocim, a prefeita e o deputado poderiam ter um "treco". Mas está valendo...Não sou tão malvado a este ponto.

Responda:

Quem manda na prefeitura:
A prefeita ou deputado?

Do lado de cá também tem babão

Antes de tudo, apenas para informar aos insistentes, eu caminho com a familia 11, mas isso não me impede de reconhecer que neste meio existem os "babões" de plantão (se desejar, pode espalhar este meu comentário)

Lembrando

Também Já disseram que a prefeitura de Camocim está para pedir esmola na prefeitura de Granja.

Partiu na frente

A prefeita é avançada, administrativamente falando. Ela se antecipou há quase dois anos e meio, na campanha de paralisação dos municípios do Ceará, que acontecerá na sexta, dia 31, encabeçada pela Aprece. Ela é sensacional!

Humor

Tá rolando uma piada ( mais uma, pra variar) de que as festas de Camocim agora são em Granja.

Lixo/empresa

De quem é a empresa que faz a coleta de lixo da cidade?
Vamos descobrir. Os detetives já estão nas ruas.

E não esqueça:

É hora do Almoço!

Carlos Jardel

UPA DE JERICOACOARA AGUARDA VERBA E ENERGIA ELÉTRICA PARA FUNCIONAR

Concluída há pelo menos sete meses, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município de Jijoca de Jericoacoara segue sem funcionamento por pendências na rede elétrica e no financiamento do Governo Federal. Na última semana de junho, foi frustrada mais uma entre três promessas de inauguração em 2015. 

O pedido de liberação de R$ 70 mil a mais para a unidade será pauta em visita do ministro da Saúde, Arthur Chioro, ao Ceará, ainda sem data.

A unidade está pronta e sob responsabilidade do Município, garante Alex Mont’Alverne, supervisor do Núcleo de Atenção à Urgência e Emergência da Sesa. Ele explica que a ligação da rede elétrica já aconteceu, mas não há potência suficiente para o funcionamento dos aparelhos de raio-X.

Conforme a assessoria da Sesa, houve inadequação no projeto, e a empresa executora da unidade faz reforma nas instalações. Somente após isso é que pode ser pedido um aumento de carga, informa a Coelce. Em nota, a companhia diz ainda que “enviou um orçamento para a obra de ligação de energia no mês de maio e aguarda aprovação da Secretaria de Saúde do Ceará”.

A segunda pendência apontada por Alex é a de necessidade de mais verbas. A UPA deve operar com R$ 340 mil por mês. O financiamento é dividido com 50% para o Governo Federal, 25% para o Estado e 25% para o Município. O Estado assumiu a contrapartida municipal e passa a ser responsável por metade do financiamento. Como explica o supervisor, o valor de custeio por mês liberado pela União foi de R$ 100 mil, com a UPA habilitada. (Thaís Brito)

O POVO

INSTITUTO TERRAMAR FORMA JOVENS DA ZONA COSTEIRA NA ÁREA DA COMUNICAÇÃO

Juventude da Comunidade de Tatajuba será beneficiada com o projeto

Comunicação, juventude e turismo comunitário são as palavras-chave do projeto Rede Tucum – Tecendo Comunicação Solidária, realizado na Zona Costeira do Ceará pelo Instituto Terramar com apoio do Instituto Oi Futuro, através do Programa Oi Novos Brasis. O projeto tem como objetivo principal qualificar a participação da juventude para fortalecer a estratégia de comunicação e gestão do turismo comunitário.

São 15 grupos de turismo comunitário em 11 municípios da zona costeira do estado que terão formação em tecnologias de comunicação e informação e produzirão peças direcionadas aos públicos interno e externo.

O Tecendo Comunicação Solidária está previsto para acontecer até o final de 2016 e ainda propõe a estruturação da comunicação da Rede a partir da realização de outras formações, com oficinas temáticas sobre comunicação popular e tecnologias de informação e comunicação, produção de notícias e articulação, implementação de rádios móveis nos núcleos da Rede Tucum das comunidades de Tatajuba, no município de Camocim, Caetanos de Cima, em Amontada e Assentamento Maceió, em Itapipoca.

As atividades beneficiarão diretamente as famílias que atuam no turismo comunitário, pescadores/as artesanais, produtores/as rurais da agricultura camponesa, artesãos e artesãs, estudantes adultos e jovens participantes de associações comunitárias, totalizando 150 pessoas. Por sua vez, trabalhadores e organizações de pequenos pescadores artesanais, agricultores da agricultura familiar e produtores de algas marinhas, associações e grupos de mulheres e jovens artesãos, professores e estudantes de escolas da região totalizam 12.200 beneficiários indiretos.

Blogue do Eliomar

PARABÉNS

Hoje é o aniversário do meu amigo e leitor Mário Roberto Lima. Ele é Professor, Assistente Social, Acadêmico de Direito, cristão católico, membro da Renovação Carismática e uma das figuras mais exemplares e respeitadas de Camocim. Desejamos a ele muita saúde e muita paz e que o Bom Deus continue abençoando sua vida e de sua familia. 

Carlos Jardel

AÉCIO É VISTO COMO ‘FIGURA PATÉTICA’, AFIRMA HADDAD

Em conversa com jornalistas na semana passada, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), criticou a oposição ao governo da presidenta Dilma Rousseff, liderada pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG), pela falta de “ideias e projetos”. As declarações foram divulgadas nesta segunda-feira (27) pelo portal “Rede Brasil Atual“.

Para o prefeito da maior cidade do País, o senador “Aécio é visto hoje por muita gente boa como patético”.

“Eles não poderiam perder uma eleição nunca com o poder econômico e político e midiático concentrado do jeito que é. Perdem porque são ruins”, afirmou.

Haddad ressaltou que ainda há muito espaço para o debate de ideias e projetos, algo que falta no espectro oposicionista. “Os adversários estão errando a mão, com faziam há dez anos. Batiam todo santo dia no Bolsa Família”, enfatizou.

“O que vivemos hoje começou a germinar há pelo menos dez anos. Essa ação de dez anos cultivando a intolerância tem efeito sobre a sociedade. Hoje, uma parte da juventude está contaminada com o discurso de intolerância. E mesmo nas camadas ascendentes que deveriam ser protagonistas, muitos estão reféns deste discurso de intolerância”, afirmou o petista.

Ao falar das eleições municipais do próximo ano, Haddad disse acreditar que o campo conservador não tem qualidade para vencer o debate e tentará colher os frutos de ter desviado o debate para o que chama de “subterrâneos” da política, onde se trava outro tipo de disputa.

Segundo o prefeito, a primeira tentativa da oposição para criticar os programas de transferência de renda dos governos petistas foi dizer que os pobres iriam acabar se acomodando e que as políticas eram paternalistas e clientelistas.

“Quando na verdade era um programa anticlientelista, por ser universal, de superação da extrema pobreza no país, hoje vitrine no mundo inteiro. Mas houve uma tentativa da direita de desconstituir o Bolsa Família, tentando fazer com que a maioria da população não beneficiada se voltasse contra os beneficiários”, relembrou o petista.

O prefeito destacou ainda que em São Paulo se está discutindo política pública. “Ninguém está discutindo se sou honesto ou não. Está se discutindo a mais avançada política pública possível em uma cidade”, garantiu.

Haddad deu o exemplo dos Centros de Artes e Esportes Unificados (CEU). “Tem feito muito sucesso na periferia você levar universidade pública para os CEUs. Para um sujeito que mora na periferia, a USP não existe, é um sonho irrealizável. Mas se você fala que no CEU ali e tem uma vaga pública, começa a aproximar o jovem de periferia”, afirmou.

Mobilidade também foi tema da conversa com os jornalistas. O prefeito de São Paulo relembrou as ações nesta área desde o primeiro ano de seu governo.

“Estamos no terceiro ano de mudanças. Primeiro ano, foi pau nas faixas de ônibus. Esqueceram a faixa de ônibus, e pau na ciclovia. Largaram a ciclovia agora, e pau na questão da redução da velocidade. Já vencemos as duas primeiras. E essa última ainda vamos vencer, porque o resultado é muito importante”, contou.

Haddad falou dos exemplos de Londres e Paris na redução da velocidade das vias. “Li numa reportagem do Le Monde que a redução da velocidade em Paris, de 80km/h para 70, aumentou em 18% a velocidade média dos carros”, destacou.

“Na campanha dará tempo de mostrar que isso vai salvar vidas e melhorar a fluidez no trânsito”, garantiu.

O prefeito aproveitou para criticar a imprensa, que faz cobertura tendenciosa. “Você tem Bandeirantes, Jovem Pan, Estadão batendo. O jornal que elogiou o Kassab quando reduziu a velocidade na Avenida 23 de Maio é o mesmo que critica a redução nas marginais”, ressaltou.

Para Haddad, a irracionalidade, que tem uma forte dose de artificialismo, interessa à política conservadora.

“No combate à corrupção, não tem governo que tenha feito mais”, enfatizou o petista. “Não tem um debate que não podemos ganhar. Mas vai ser a eleição mais difícil do mundo. É mais fácil estar melhores condições em 2018 do que e 2016”, finalizou Haddad.

Da Redação da Agência PT de Notícias, com informações da “Rede Brasil Atual”


terça-feira, 28 de julho de 2015

APRECE : ASSEMBLEIA GERAL DISCUTE DETALHES DA PARALISAÇÃO NOS MUNICÍPIOS

A prefeitura de Camocim 
já está parada, faz tempo.

Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) realizou nesta terça-feira (28), uma Assembleia Geral com a diretoria da entidade e demais gestores municipais para discutir os detalhes finais da paralisação nos municípios que acontecerá no dia 31 deste mês e fazer um chamamento para que todos os gestores cearenses participem deste movimento.  Além disso, a assinatura da “Carta em Defesa dos Municípios Cearenses” que será entregue ao governador do Estado, Camilo Santana.

A carta também será apresentada à Confederação Nacional dos Municípios (CNM) para agregar com outras reivindicações feitas anteriormente e, posteriormente, ser entregue à presidente Dilma Rousseff.

(Politica em Evidência)

LEMBRANDO DO FESTIVALZÃO "PORRETA" DE CAMOCIM

Eita saudade medonha!























Carlos Jardel

SOBRE O GRANCHITÃO

Fotos do Facebook do Romeu
O Granchitão é hoje um dos melhores eventos juninos do Estado do Ceará, coloca o de Camocim no bolso. Além da boa organização, das atrações musicais, a decoração do ambiente, mais uma vez, chamou atenção. A prefeitura criou a réplica de uma outra cidade, aliás, da mesma cidade de anos atrás,  no perímetro em que aconteceu o evento, com detalhes para além do colorido das bandeiras. 

O Granchitão, este sim,  foi atraente. O fluxo de veículos vindos de várias cidades da região norte, inclusive da Serra da Ibiapaba, foi  notório e resultou num mar de gente que invadiu a cidade. 

Enquanto isso, em Camocim...

Tá rolando uma piada ( mais uma, pra variar) de que as festas de Camocim agora são em Granja. 

Carlos Jardel

CONCURSO PÚBLICO É UMA MÁQUINA DE INJUSTIÇA SOCIAL


Os concursos públicos no Brasil não foram feitos para escolher os melhores candidatos. Essa é a opinião do professor de Direito da FGV Rio, Fernando Fontainha, crítico voraz do sistema que filtra os ocupantes de cargos públicos no País.

Para o acadêmico, a ideologia concurseira que se firmou ajuda a alimentar uma "indústria milionária de cursos preparatórios e um sistema de arrecadação que desvirtuou os processos seletivos".

Boa parte destas críticas está no livro recém-lançado “Processos Seletivos para a Contratação de Servidores Públicos: Brasil, o País dos Concursos”, fruto de uma pesquisa do Centro de Justiça e Sociedade da FGV Direito Rio em parceria com a Universidade Federal Fluminense (UFF). Na obra, Fontainha propõe criar um marco regulatório para mudar radicalmente os critérios de seleção de funcionários públicos no Brasil.

O professor propõe, entre outras ideias, abolir as provas de múltipla escolha e acabar com as taxas de inscrição. No estudo, aparecem exemplos de provas em 20 órgãos federais, entre eles Banco Central, INSS, Polícia Federal e Receita. Para selecionar os candidatos com as competências mais adequadas, Fontainha sugere que a experiência profissional prévia seja requisito básico para inscrever-se no concurso.

iG - Por que, na sua opinião, os concursos públicos não são capazes de selecionar os melhores candidatos?

Fernando Fontainha - Os concursos no Brasil são autocentrados, voltados para si mesmos. Neles, impera a ideologia concurseira, que acontece em enorme prejuízo do serviço público brasileiro, sem dúvida alguma. Eles servem para selecionar os que mais se prepararam para as provas, e não os mais competentes. Isso reflete na qualidade dos serviços públicos no Brasil.

Como você sugere mudar esse sistema?

Existem duas maneiras de se averiguar os candidatos mais competentes: de forma profissional ou acadêmica. Criamos propostas provocativas de um novo marco regulatório, com 10 itens que passam pelo fim das provas de múltipla escolha e pela necessidade de expor as habilidades e competências exigidas pelas carreiras já no edital.

Você propõe acabar com as provas de múltipla escolha. Por quê?

Com certeza, esse tipo de prova não avalia bem o candidato, é uma prova cheia de macetes. Ela averigua capacidades completamente desligadas das competências acadêmicas. Não são provas de múltipla escolha que os alunos estão acostumados a fazer na faculdade e não elas não vão definir o que farão na carreira. As questões de múltipla escolha não avaliam nem competências acadêmicas, nem profissionais. Esse é o problema. Todo mundo sabe como se treina para essas provas em cursinhos. Você pega os truques e técnicas para escapar das pegadinhas.

Deveria haver uma prova prática para substituir o método atual?

Nós sugerimos que sim. Ou prova prática ou requisitos de experiência prévia. O médico do Ministério da Saúde faz apenas uma prova de múltipla escolha para ser admitido. A única exigência é de que ele seja bacharel em medicina. Isso é no mínimo questionável. Mas não quero parecer elitista.

O cargo de técnico do INSS, que pede ensino médio, e que em 2012 recebeu quase um milhão de candidatos, é alguém que fica atrás do balcão atendendo pessoas. Ele é avaliado por uma prova de múltipla escolha, com questões de direito previdenciário, português, informática. Mas a competência fundamental pra prestar um bom atendimento público não é avaliada, apesar de ser fundamental.

A ideia seria selecionar apenas pessoas com alguma experiência prévia?

Seria uma solução muito simples pra diminuir essa quantidade alucinante de inscritos e, com certeza, aumenta as chances de contratar pessoas que vão prestar um bom serviço. Exige que, para se inscrever, a pessoa comprove que tem cinco anos de experiência com atendimento ao público. Isso não é elitista, pelo contrário. Você exige que a pessoa demonstre que durante cinco anos ela foi caixa de supermercado ou balconista de farmácia por exemplo. Aquele sujeito que hoje tem condições de ser liberado para se preparar para os cursinhos não vai poder concorrer ao cargo, por exemplo.

Na sua opinião, os concursos públicos favorecem pessoas de nível social mais elevado?

O concurso público hoje é uma máquina de exclusão social, e não de inclusão. Esse sistema é voltado para quem tem tempo e dinheiro para pagar um bom cursinho. Pra quem pode pagar um bom colégio, que já no ensino médio ministra disciplinas para preparar o seu filho para os concursos da administração pública. Esse é um dos reflexos perversos da ideologia concurseira. Pra fazer cursinho, você precisa ter tempo. E ter tempo é poder não trabalhar. O brasileiro que sai do ensino médio e precisa trabalhar estará concorrendo em desvantagem com alguém que pode ficar só em cursinhos. É uma máquina de injustiça social.

Por que vocês acham necessário eliminar as taxas de inscrição dos concursos?

No Brasil, se acha natural pagar para fazer um concurso público. Mas não é assim em todos os países do mundo. Temos um capítulo no livro que mostra uma comparação com a França, onde ninguém nem compreende dizer que você vai pagar uma taxa para prestar um concurso. É um verdadeiro absurdo por lá, mas aqui é normal.

Mesmo com a taxa, os concursos recebem um grande número de candidatos...

Para essa máquina poder funcionar, é preciso haver um contingente enorme de pessoas que não param de fazer provas, uma atrás da outra. A ideia de vocação, de desejo de um cargo desaparece diante da ideia de que se vai sair fazendo vários concursos por aí, até passar em algum. Isso é ser um concurseiro profissional, faz parte da sua ideologia se inscrever para todos os cargos que puder. Ele não sabe se gostaria de trabalhar com previdência ou ser policial. Mesmo que não queira fazer aquilo da vida, vai pelo salário, pela estabilidade e por outras vantagens que a vida de funcionário público oferece.

Por isso vocês propõem também que o candidato não possa prestar mais de três vezes o mesmo concurso?

Sim. Isso acontece na França. Você só vai se inscrever se achar que tem condições reais de passar. Vai acabar com essa coisa de prestar por prestar. E inverte essa relação de cliente que existe nos concursos. Quando você instaura uma taxa, está privatizando a relação. Por isso é um problema grave no Brasil. O que se discute hoje não é a qualidade do serviço público e do recrutamento, mas o rol de direitos dos concurseiros. Acho que tem que haver esses direitos, mas o foco do concurso é pensar num recrutamento que vai ampliar a qualidade da prestação do serviço público. Esse deveria ser o foco principal.

As bancas examinadoras também precisariam mudar?

Sim. Dependendo do foco, dizemos que todo serviço público precisa ter uma escola profissional. Se você recrutou o candidato, agora tem que formá-lo. A menos que seja um concurso que já recrute profissionais gabaritados no mercado. Pela nossa proposta, metade da banca tem que ser formada por acadêmicos da área. Existem até membros de banca profissionais. A gente propõe que isso acabe. O profissional vai pra a banca e pública um livro que deve ser lido pelos candidatos. O ideal é que se ele participou de uma banca, tem que ficar dois anos sem participar de novo. No caso de um concurso de vocação profissional, que a banca seja composta por profissionais não acadêmicos com pelo menos 10 ou 15 anos de experiência comprovada na área.

Publicado por Taís Laporta - iG São Paulo

Va Jus Brasil

PREFEITURA CONTINUA SEM CERTIDÃO DO INSS

A última venceu há 5 meses


De acordo com a pesquisa que realizamos hoje, às 13h09, no site do Ministério da Fazenda, a prefeitura de Camocim continua sem a conhecida Certidão do INSS. O tempo de validade da última certidão venceu no mês de fevereiro deste ano. 

Relembre:

Esta certidão é um dos documentos mais importantes para qualquer município brasileiro. Com ela vencida, o município não pode receber repasses voluntários (convênios) do governo federal ou estadual, da mesma forma que não pode assinar novos convênios para mais obras e pode não ter repassado/pago o INSS de seus funcionários.

Este foi um dos motivos pelo qual os vereadores golpistas cassaram o mandato do vereador Régis da Ipu.

O interessante é que quem fez a denuncia contra o Régis,  foi uma partidária da prefeita que também é comissionado do Executivo Municipal. Ela estava muito preocupada com o erário público. 

Pense na preocupação! Era bom cassar a prefeita.

Carlos Jardel