Promotor irá se declarar suspeito, mesmo não tendo mais relação alguma com familiares dos envolvidos no caso de corrupção na prefeitura de Uruoca - Revista Camocim

















quinta-feira, 7 de outubro de 2021

Promotor irá se declarar suspeito, mesmo não tendo mais relação alguma com familiares dos envolvidos no caso de corrupção na prefeitura de Uruoca




No último dia 02 de outubro postamos a seguinte matéria:  BOMBA EM URUOCA: Desvio milionário  na gestão de Kilsem Aquino!  A informação foi extraída de fontes do blog e do Diário Oficial do Município.   Dois primos do atual prefeito são as peças principais do esquema de corrupção denunciados. 


Na ocasião provocamos o Ministério Público através do promotor de Justiça Dr. Irapuã  com o seguinte paragrafo: 


"Agora, pra piorar esse imbróglio todo, chegamos ao Ministério Público, que cabe apurar os fatos e punir os criminosos. Vejamos, pois o Promotor de Justiça de Uruoca, Dr. Irapuã, é concunhado do Antônio Aquino Filho, apontado pelo prefeito Kennedy como o responsável pelos desvios milionários. O Promotor ainda é compadre do pai do atual prefeito, Keuly Aquino. E aí? vai dar pizza ou não ? O promotor vai se declarar suspeito ou não?"


A respeito dessa questão, na noite de ontem (06), fomos informados por uma das nossas fontes, que o Promotor de Justiça Dr. Irapuã  não mais estabelece qualquer relação familiar com a família dos envolvidos no escândalo. Mas, mesmo assim, irá se declarar suspeito, a fim de garantir a integridade de qualquer ação judicial que venha ser movida contra todos os que possam estar envolvido nesse crime cometido contra a administração pública e contra a população de Uruoca.


Carlos Jardel 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.