Novo Ensino Médio deve ser votado na Câmara nesta quarta-feira (20), prevê líder do Governo - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quarta-feira, 20 de março de 2024

Novo Ensino Médio deve ser votado na Câmara nesta quarta-feira (20), prevê líder do Governo


O Projeto de Lei 5.230/2023 que redefine o Ensino Médio no Brasil deve ser votado nesta quarta-feira (20). Conforme José Guimarães (PT-CE), líder do governo na Câmara dos Deputados, um acordo entre o Ministério da Educação (MEC) e os parlamentares foi formado. 


"É uma conquista grande, e estamos saindo com uma grande vitória. Temos que comemorar muito esse apoio que nós tivemos pelo bem de educação pública", disse Guimarães.


Ainda conforme o deputado cearense, serão preservadas a carga horária a partir de 2.400 horas para formação geral e 1.800 para a formação técnica. 


Mendonça Filho (União Brasil-PE), relator da proposta, defende manter as 1.800 horas para forma escalonada, no entanto, Camilo Santana (PT), ministro da Educação, defende o aumento para 2.400. Arthur Lira, presidente da Casa, afirma que é importante que as partes encontrem um meio-termo.


Diário do Nordeste