Eletricista a serviço da Enel é morto após discussão por corte de energia em São Paulo - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quinta-feira, 14 de março de 2024

Eletricista a serviço da Enel é morto após discussão por corte de energia em São Paulo


Um eletricista de uma empresa parceira da Enel morreu após ter sido alvejado por um empresário, na tarde desta quarta-feira (13), na Vila Marieta, zona leste de São Paulo. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) confirmou que o autor do disparo de arma de fogo confessou o crime.


A secretaria confirmou também que os primeiros socorros foram prestados, mas ele não resistiu ao ferimento.


A vítima teria ido até um estabelecimento comercial e cortado o fornecimento de energia elétrica. O proprietário do local não teria gostado da atitude do técnico e iniciado uma discussão que levou ao disparo da arma e, consequentemente, ao óbito do prestador de serviços.


A companhia de distribuição de São Paulo confirmou à CNN que o corte do fornecimento foi devido à inadimplência do comerciante.


“A Enel Distribuição São Paulo repudia veementemente o ato de violência cometido na tarde de hoje (13) contra um eletricista de uma empresa parceira da companhia”, afirmou a empresa e confirmou que está em contato da família para prestar a devida assistência.


O indiciado foi encaminhado a audiência de custódia e o caso foi registrado como homicídio consumado no 24° DP (Ponte Rasa).


*Sob supervisão de André Rigue


via CNN Brasil