NÃO É NÃO: Lei Municipal exige que bares e casas noturnas de Camocim estabeleçam protocolo de segurança da mulher - Revista Camocim

Clique na imagem para enviar o seu curriculum

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quarta-feira, 7 de fevereiro de 2024

NÃO É NÃO: Lei Municipal exige que bares e casas noturnas de Camocim estabeleçam protocolo de segurança da mulher


A lei municipal 1642/23 estabelece o “Não É Não” para atendimento a mulheres vítimas de violência sexual em estabelecimentos como bares, casas noturnas, shows ou eventos festivos em Camocim.


Na prática, a lei aprovada ano passado na Câmera de Camocim, exige que estabelecimentos comerciais estabeleçam protocolo de segurança contra assédio a mulheres.


Para isso, estabelecimentos e organizadores de eventos devem espalhar informativos com instruções e direitos das mulheres. Além disso, cooperar com autoridades locais em caso de queixas, mecanismo de denúncias e treinamentos de funcionários para identificar sinais de violência sexual e agir em apoio à vítima.


A referida lei foi sancionada em dezembro de 2023.


André Martins, no Camocim Portal de Notícias