Sobral segue como destaque na educação brasileira e mantém foco no ensino integral - Revista Camocim

Se inscreva nosso canal no YouTube


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quarta-feira, 5 de julho de 2023

Sobral segue como destaque na educação brasileira e mantém foco no ensino integral



Uma das principais bandeiras de sucesso do município, a educação em Sobral, cidade que neste 5 de julho completa 250 anos, passa por um momento de reconhecimento em nível nacional. Seja pelos anos seguidos sendo considerado município com a melhor educação do país ou pela ampliação recente da rede de ensino integral, a principal cidade da região Norte do Ceará segue em busca de se tornar referência no setor.


Com o objetivo de apresentar diferenciais inspiradores do município que celebra 250 anos de história, o Diário do Nordeste inicia a série de reportagens “Cidade em Festa: especial Sobral”. O especial multimídia integra o projeto promovido pelo Sistema Verdes Mares com foco na valorização de iniciativas públicas que são sinônimo de desenvolvimento e que podem inspirar outras cidades. 


Recentemente, Sobral foi a cidade que mais conquistou prêmios no Sistema Permanente Avaliação da Educação Básica do Estado do Ceará (Spaece 2022), promovido pela Secretaria de Educação do Ceará (Seduc). Ao todo, foram 40 prêmios para 28 Escolas Nota 10 em Sobral.  


No âmbito na educação integral, as primeiras ações voltadas para essa modalidade começaram em 2014, com a implantação em dois colégios. Hoje, 14 escolas compõem a rede, com mais de 10 mil alunos matriculados, o que representa 52% dos estudantes.


O objetivo da atual gestão é, até o fim de 2024, levar a modalidade de ensino integral para todas as escolas da rede pública, do Infantil ao Ensino Médio, por meio do programa “Sobral 100% Educação Integral”, lançado em dezembro do ano passado.


De acordo com Herbert Lima, Secretário da Educação de Sobral, o objetivo do programa é ampliar a carga horária, mas também “criar um ambiente propício ao aprendizado, oferecendo, além de componentes da base comum obrigatória, atividades diversificadas e oportunidades de desenvolvimento integral dos estudantes”.


Em 2023, gradualmente, a rede pública vai passar a adotar o ensino integral. Hoje, já estão sendo feitos projetos de teste, com três Centros de Educação Infantil no bairro Nova Caiçara, com turmas de 2º e 5º anos do Ensino Fundamental. E, para além das 14 escolas que já operam do 6º ao 9º ano, todos os alunos matriculados nas turmas de 9º ano do Fundamental.


Segundo o secretário, dentro das expectativas do programa, alguns destaques são: ampliar os resultados de aprendizagem nas avaliações de larga escala, como forma de manter Sobral como referência para o país; potencializar a excelência acadêmica dos estudantes, atrelados aos aspectos socioemocionais, projeto de vida e competências para o século XXI; formar cidadãos autônomos e capazes de interferir positivamente no contexto em que estão inseridos, entre outros pontos.


Diário do Nordeste