Motorista atropela e mata uma jovem camocinense após discussão de trânsito em Fortaleza - Revista Camocim

Se inscreva nosso canal no YouTube


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quinta-feira, 15 de junho de 2023

Motorista atropela e mata uma jovem camocinense após discussão de trânsito em Fortaleza


Duas pessoas foram atropeladas nesta quinta-feira (15), na Varjota, em Fortaleza. As duas estavam a bordo de uma motocicleta, na Rua Coronel Manuel Jesuíno, quando um motorista, identificado como Roberto Ayrton Bezerra Ramos, de 53 anos, avançou o carro contra elas após uma discussão de trânsito. Uma mulher que estava na garupa morreu.


O caso foi registrado no 2º Distrito Policial, no Meireles. Não se sabe ainda o que motivou a discussão.


O Diário do Nordeste apurou, no entanto, que o desentendimento entre os condutores teria começado próximo ao viaduto da Avenida Engenheiro Santana Júnior, por volta das 11h30, e que o motorista do carro colidiu contra a traseira da moto, que era guiada por Ângelo Mateus, 28.


Hanna Moreira dos Reis, 24, que estava na garupa, morreu na mesma hora. Segundo a família da vítima, ela era bombeira civil e estava a caminho de um treinamento que faria em um novo emprego. O piloto foi socorrido e levado em estado gravíssimo para o Instituto Dr. José Frota (IJF).


Em nota, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) informou que a colisão teria sido proposital, que outros três carros estacionados foram danificados e que o condutor do veículo não sofreu ferimentos. "A via foi interditada e liberada por volta de 14h30", informou o órgão.


A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) afirmou que Roberto foi preso em flagrante e autuado por homicídio doloso. Ele, agora, está à disposição da Justiça.


Inicialmente, com base em apuração in loco do Sistema Verdes Mares, a reportagem publicou que duas pessoas morreram na colisão. Contudo, ainda não há informações oficiais sobre o estado de saúde do condutor da motocicleta. Esta matéria está em atualização.


ATROPELAMENTO FOI GRAVADO


O atropelamento foi registrado por câmeras de segurança. Nas imagens, é possível ver um Jeep Compass branco em alta velocidade perseguindo e atropelando Ângelo e Hanna, que estavam na frente, de moto.


Após cometer o crime, o motorista foi capturado por moradores da região, que quase chegaram a linchá-lo. A Polícia, depois, chegou, interviu na ação popular, deteu Roberto e o encaminhou ao 2º DP.


O Diário do Nordeste apurou ainda que o veículo utilizado por Roberto Ayrton pertence à empresa em que ele trabalha.


Diário do Nordeste 


A camocinense Hanna Moreira era filha da Enilda e neta do senhor Demétrio, comerciante do ramo de frutas do Mercado Público de Camocim. Seu corpo será velado na residência dos avós, na rua Esperantina, após a Cohab, e sepultado no Cemitério Jardim Eterno, com horário a ser confirmado pela família. 


Deus a receba na luz e conceda forças aos familiares, para atravessarem esse momento de profunda tristeza. 


Carlos Jardel