Justiça determina suspensão das contratações temporárias na prefeitura de Camocim - Revista Camocim

Clique na imagem e se inscreva no nosso canal


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




segunda-feira, 22 de maio de 2023

Justiça determina suspensão das contratações temporárias na prefeitura de Camocim


O Juiz da 2a Vara da Comarca de Camocim, atendeu ao Ministério Público que solicitou, através de competente Ação Civil Pública, a nulidade das seleções que visavam contratar, sem realizar concurso, pessoas para prestarem serviço ao Município, ferindo a Constituição 


Apenas os vigias, os auxiliares de sala de aula e os profissionais de apoio de sala poderão ser contratados temporariamente, os demais somente através de concurso público, conforme previsto na Lei e na Constituição.


O Vereador e Advogado Marcos Coelho, que sempre defende na Câmara Municipal de Camocim a realização de concurso, analisou esta decisão judicial como "sábia e oportuna" "porque a regra é o concurso público, onde todos concorrem igualmente, sem qualquer critério político, basta estudar para passar", pontuou o líder da oposição na Câmara. 


Alfinetada 


É comum essa condenável prática nas Administrações passadas e na atual de Camocim, por mera indicação política dos vereadores e cabos eleitorais da família Aguiar, que teima em desrespeitar a Lei.




Carlos Jardel