Faltando 43 dias para completar 1 ano da inauguração, o novo Mercado nunca funcionou plenamente e virou 'motel de papudinhos' - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quarta-feira, 25 de janeiro de 2023

Faltando 43 dias para completar 1 ano da inauguração, o novo Mercado nunca funcionou plenamente e virou 'motel de papudinhos'

A obra foi iniciada no governo Monica Aguiar 



No dia 9 março de 2022 a prefeita de Camocim, Betinha Magalhães, inaugurou o novo Mercado Público de dois andares como quem queria lembrar a coroação do Rei Edward VII, do Reino Unido: com “Pompa e Circunstancia”, de Edward Elgar! Lembra, caro leitor? A solenidade contou até com as presenças de Camilo Santana e Izolda Cela, respectivos governador e vice, na época. Lembrou? 


Foi uma festa, como costumam dizer, “para ninguém botar defeitos!”. Estava tudo bonitinho e arrumadinho nos seus devidos lugares, de modo que a impressão era de “uma obra totalmente concluída” com os feirantes já ocupando seus devidos pontos de vendas e trabalhando no dia seguinte.


Ontem, internautas de Camocim, por meio das redes sociais e grupos de WhatsApp, reavivaram o assunto que já chegou a ser, por muito tempo, o mais polêmico da cidade. 


Pois bem, a obra iniciada no governo Monica Aguiar — que custou aos camocinenses mais de R$ 6 milhões — está prestes a completar 1 ano de sua inauguração, restando apenas 43 dias, e ainda não está funcionando plenamente. A parte superior foi abandonada e se transformou em um “motel de papudinhos” e ponto de consumo de drogas. 


“Elefante branco e Titanic” são os apelidos do que também é considerado um monumento à incompetência. 


A primeira foto abaixo mostra o teatro do dia da inauguração. Teatro? Sim! A prefeita Betinha mandou improvisar o cenário para enganar Camilo Santana. 


No dia da inauguração




Agora veja as fotos do momento atual e tire suas próprias conclusões.









Carlos Jardel