Sem apresentar provas, Emanoel Vieira afirma que Capitania dos Portos de Camocim foi negligente - Revista Camocim

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

26 de novembro: Show do Hungria em Camocim no Ilha Park

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







sexta-feira, 18 de novembro de 2022

Sem apresentar provas, Emanoel Vieira afirma que Capitania dos Portos de Camocim foi negligente


O vereador Emanoel Vieira afirmou, durante discurso na Tribuna da Câmara, na sessão Legislativa desta sexta-feira (18), que a Agência da Capitania dos Portos de Camocim foi negligente no caso do pescador Antônio Moraes, o Caxumba,  que desapareceu no mar no último 12, quando caiu da canoa em que pescava, encontrado hoje em uma praia de Luiz Correia, no estado vizinho  Piauí. 


O parlamentar não apresentou provas, mas disse ter protocolado denúncia no serviço de ouvidoria da Marinha do Brasil.  Para ele [Vieira], a Agência da Capitania de Camocim demorou na organização das atividades de buscas no mar e na divulgação de informações para a família e comunidade. 


"O que nós acompanhamos foi um desencontro de informações e o silêncio", disse, criticando ainda o pronunciamento da Marinha, que  ocorreu através de uma coletiva de imprensa,  realizada na quarta-feira (15), após pressão dos veículos de comunicação e de vereadores. 


Na Coletiva de Imprensa, o Capitão dos Portos do Ceará, Anderson Pessoa Valença, garantiu que as operações de buscas, desenvolvidas pela Marinha, na terra e no mar, tiveram início imediatamente após o  momento em que a Capitania foi comunicada. 


O vereador Emanoel criticou também a falta de embarcações com melhor potencial de buscas na Agência de Camocim. Fator negativo, que impossibilitou trabalhos mais intensos, retardando ainda mais o objetivo das operações. 


 Confira a fala do vereador. 


Carlos Jardel