Elmano de Freitas tem primeira reunião política de olho na governabilidade - Revista Camocim

Colégio Marujo, 15 anos! Na rota da educação!

Colégio Marujo, 15 anos! Na rota da educação!
Clique na imagem

Contato: (88)9 9937-1998

Contato: (88)9 9937-1998

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







sexta-feira, 11 de novembro de 2022

Elmano de Freitas tem primeira reunião política de olho na governabilidade



Está marcado para esta sexta-feira (11), em um hotel de Fortaleza, encontro entre o governador eleito, Elmano de Freitas (PT), com lideranças partidárias cearenses. A reunião ocorre em um cenário de movimentação política para a garantia da governabilidade a partir de 2023.   


“(O encontro será) para ouvir quais são as expectativas dos partidos em relação ao governo, à execução de alguma pauta específica ou de alguma pauta que eles possam ter uma percepção que o governo não tenha diretamente, então o governo quer ouvir o máximo que puder”, explica Augusta Brito (PT), membro do grupo de transição, deputada estadual e suplente de senador eleita.


“É para que o governador tenha uma percepção mais ampla do governo, do que pode ser feito para abranger a todos e todas”, completa a parlamentar.


Legendas como o MDB, partido da vice-governadora eleita Jade Romero, e importante aliado na campanha eleitoral deste ano, e o PDT, do qual o PT pretende se reaproximar, foram convidadas para a ocasião, que se dará em um café da manhã com previsão de início por volta das 9h.


O PCdoB também estará presente com o ex-senador Inácio Arruda e o presidente estadual da sigla, Luiz Carlos Paes.


Outras agremiações, como o União Brasil, de Capitão Wagner, e o PSD, de Domingos Filho, que foram fortes rivais da sigla petista na campanha, disseram ao Diário do Nordeste que não foram convocadas.


Além disso, as assessorias de imprensa dos presidentes estaduais do Republicanos (Ronaldo Martins), do PL (Acilon Gonçalves) e do PSDB (Tasso Jereissati), informaram que não vão participar da reunião.


RELAÇÃO COM O PDT


A agenda desta sexta pode marcar o início oficial da possível reaproximação de PDT e PT, que romperam ainda na pré-campanha.


A reportagem procurou alguns parlamentares pedetistas eleitos para o próximo mandato na Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) para entender em que pé estão os diálogos sobre o posicionamento no próximo mandato.


O líder do partido na Casa, Guilherme Landim, afirmou que a legenda ainda não convocou seus deputados estaduais para tratar sobre o assunto, que segue incerto até o momento. O encontro com Elmano nesta sexta é o primeiro nesse caminho desde o resultado da eleição.


O restabelecimento da boa relação com o PDT é crucial para o novo governador, já que a sigla ocupa 13 cadeiras no parlamento estadual.


Rachado, contudo, o PDT vive um impasse sobre o tema. A ala mais ligada ao senador Cid Gomes é que a defende a integraçao ao governo Elmano. Já a mais ligada a Ciro Gomes pretende ficar na oposição.


Diário do Nordeste