Três adolescentes são baleados por colega de turma em escola pública de Sobral - Revista Camocim

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







quarta-feira, 5 de outubro de 2022

Três adolescentes são baleados por colega de turma em escola pública de Sobral


Três adolescentes de 15 anos foram baleados por um colega de turma dentro de sala de aula na Escola de Ensino Médio de Tempo Integral Professora Carmosina Ferreira Gomes, em Sobral, na manhã desta quarta-feira (5). A informação foi confirmada por uma fonte da Polícia Militar em entrevista ao Diário do Nordeste. 


Ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizaram os primeiros socorros na escola. Os três adolescentes foram levados para a Emergência da Santa Casa de Misericórdia de Sobral.


De acordo com fonte da PM, os disparos foram motivados por supostos episódios de bullying praticados pelas vítimas. O adolescente entrou na escola em posse de uma pistola. Após o ataque, o menor de idade saiu da unidade de ensino e seguiu para casa, onde foi apreendido por policiais do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio). 


O secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Sandro Caron, afirmou que o garoto disse em depoimento que a arma usada para atirar nos colegas de sala pertencia ao pai. Porém, a arma é registrada em nome de um atirador esportivo. 


A Polícia chegou ao dono do registro de Concessão de Certificado de Registro (CAC). O pai do garoto e o portador do CAC estão sendo ouvidos na Delegacia de Sobral. A investigação apura como esta arma chegou ao adolescente.


ATO PREMEDITADO


Três adolescentes de 15 anos foram baleados por um colega de turma dentro de sala de aula na Escola de Ensino Médio de Tempo Integral Professora Carmosina Ferreira Gomes, em Sobral, na manhã desta quarta-feira (5). A informação foi confirmada por uma fonte da Polícia Militar em entrevista ao Diário do Nordeste. 


Ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizaram os primeiros socorros na escola. Os três adolescentes foram levados para a Emergência da Santa Casa de Misericórdia de Sobral.


De acordo com fonte da PM, os disparos foram motivados por supostos episódios de bullying praticados pelas vítimas. O adolescente entrou na escola em posse de uma pistola. Após o ataque, o menor de idade saiu da unidade de ensino e seguiu para casa, onde foi apreendido por policiais do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio). 


O secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Sandro Caron, afirmou que o garoto disse em depoimento que a arma usada para atirar nos colegas de sala pertencia ao pai. Porém, a arma é registrada em nome de um atirador esportivo. 


A Polícia chegou ao dono do registro de Concessão de Certificado de Registro (CAC). O pai do garoto e o portador do CAC estão sendo ouvidos na Delegacia de Sobral. A investigação apura como esta arma chegou ao adolescente.


ATO PREMEDITADO


Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), à Delegacia Municipal de Sobral, o adolescente revelou ter premeditado os disparos. Contudo, ainda não há informações sobre o teor dos insultos ou intimidações sofridos por ele.


O ataque foi registrado como ato infracional análogo ao crime de tentativa de homicídio. O caso está sendo apurado pela Polícia Civil.


VÍTIMA EM ESTADO GRAVE 


A Santa Casa de Sobral informou que duas vítimas tiveram lesão na cabeça. Um deles está internado em estado grave e o outro já teve alta. Já o terceiro adolescente foi atingido na perna e está sendo avaliado pela equipe de traumatologia. 


Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), à Delegacia Municipal de Sobral, o adolescente revelou ter premeditado os disparos. Contudo, ainda não há informações sobre o teor dos insultos ou intimidações sofridos por ele.


O ataque foi registrado como ato infracional análogo ao crime de tentativa de homicídio. O caso está sendo apurado pela Polícia Civil.


VÍTIMA EM ESTADO GRAVE 


A Santa Casa de Sobral informou que duas vítimas tiveram lesão na cabeça. Um deles está internado em estado grave e o outro já teve alta. Já o terceiro adolescente foi atingido na perna e está sendo avaliado pela equipe de traumatologia. 


Informações do Diário do Nordeste