Irmãos de Igreja: Emanoel Vieira abandona sessão ao saber que Mário Roberto não declaraia apoio a Bolsonaro - Revista Camocim

Postagem em destaque

Comunicado do Colégio Future: confirme sua matrícula até o dia 13 de dezembro.

Diante da grande demanda, aqueles que não confirmarem a matrícula poderão perder a vaga reservada. CONFIRMAÇÃO DE MATRÍCULA 2023 Pedimos a t...

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







quinta-feira, 27 de outubro de 2022

Irmãos de Igreja: Emanoel Vieira abandona sessão ao saber que Mário Roberto não declaraia apoio a Bolsonaro

E mais: Iracilda resolve mudar do 22 para o 13


Hoje os bastidores e o plenário da sessão legislativa da Câmara de Vereadores de Camocim foram marcados por revelações de apoio aos candidatos que disputam o segundo turno da eleição presidencial - Lula e Bolsonaro. Os vereadores Jeová e Naldo, nos microfones da Casa, se declararam Lula.  Nos bastidores - apenas lá - Iracilda revelou abandonar Bolsonaro para votar em Lula. Já o vereador Emanoel Vieira reafirmou apoio indireto ao que chamam de Bozo, diferente do professor Mário Roberto, que resolver frustrar o bolsonarismo empolgado, inclusive Emanoel.  Entenda: 


Bom, Vieira, decepcionado, abandonou a sessão ao saber, momentos antes do início dos trabalhos de Plenário, que seu irmão de igreja, da Renovação Carismática Católica,  Mário Roberto,  não iria declarar apoio ao presidente Bolsonaro. E mais: o professor retirou toda e qualquer possibilidade de apoio indireto ao candidato da extrema-direita. 


A saber: Emanoel Vieira e vários membros da Renovação Carismática, bolsonaristas, aguardavam hoje um discurso inflamado de Mário em apoio ao Capitão Jair Messias e condenando a campanha e o projeto politico de Lula e do PT. 


Restou na Câmara para Bolsonaro, de forma aberta, somente os vereadores Marcos Coelho e Dr. Rosivan. Pois o próprio Emanoel Vieira, como já dissemos,  não pede votos diretamente para o Capitão. Ele tem feito discursos na linha da Igreja,  típicos do povo bolsonarista carismático.


Carlos Jardel