Advogada que atacou nordestinos é exonerada de cargo na OAB - Revista Camocim

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

26 de novembro: Show do Hungria em Camocim no Ilha Park

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







sexta-feira, 7 de outubro de 2022

Advogada que atacou nordestinos é exonerada de cargo na OAB

 


A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Uberlândia decidiu exonerar a advogada Flávia Aparecida Rodrigues Moraes do cargo de vice-presidente da Comissão da Mulher Advogada. Em vídeo que viralizou nas redes sociais, a jurista fez declarações xenofóbicas contra nordestinos, dizendo que "não vai mais alimentar quem vive de migalhas".


O posicionamento foi anunciado em vídeo pelo presidente da OAB em Uberlândia, José Eduardo Batista, na noite desta quinta-feira (6). "Não compactuamos com os lamentáveis fatos veiculados nas redes sociais nem com as expressões utilizadas pela advogada", afirmou o representante.


Segundo Batista, a entidade está "profundamente constrangida e envergonhada" e se solidariza "com o povo nordestino", que "muito contribui para o progresso nacional". Leia a nota, na íntegra:



SANÇÕES


Além da exoneração da vice-presidência da comissão, a OAB determinou a abertura de processo ético-disciplinar. "Em atenção às representações que nos foram enviadas por advogados de Uberlândia e da região", afirmou o presidente. Antes dessas decisões, a advogada já tinha pedido licença da função.


Além disso, a Defensoria Pública de Minas Gerais propôs, nesta quinta (6), uma ação civil pública contra Flávia e uma indenização de R$ 100 mil em danos morais.


Ao G1, por nota, a jurista disse que se arrepende do que disse, mas que a conduta, embora reprovável, "não se encontra tipificada como crime em qualquer dispositivo legal vigente".


ENTENDA O CASO


Flávia, enquanto vice-presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB em Uberlândia, gravou um vídeo em que, vestida com as cores verde e amarela e ao lado de outras duas mulheres, afirmou que deixará de fazer passeios turísticos no Nordeste para gastar dinheiro no Sul e no Sudeste ou fora do País.


"Nós geramos empregos, nós pagamos impostos e sabe o que que a gente faz? A gente gasta o nosso dinheiro lá no Nordeste. Não vamos fazer isso mais. Vamos gastar dinheiro com quem realmente precisa, com quem realmente merece. A gente não vai mais alimentar quem vive de migalhas", declarou, logo após o primeiro turno das eleições.


Diário do Nordeste