Criminoso desiste de aplicar golpe em estudante após ver sua foto: 'largo golpe pra ficar com você' - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





quinta-feira, 8 de setembro de 2022

Criminoso desiste de aplicar golpe em estudante após ver sua foto: 'largo golpe pra ficar com você'



Um homem que tentou aplicar um golpe contra uma estudante de Bauru, em São Paulo, acabou desistindo do ato criminoso após se encantar com a foto da vítima no perfil de uma rede social.


Ao G1, que publicou a história, Priscila Campolim de Campos contou que, assim que foi abordada pelo infrator, soube que se tratava de um truque. Tanto pela escrita da mensagem como por ele se apresentar como representante de banco.


"Meu contato é referente a uma transação aprovada em meu sistema no valor de R$ 2.769,93 às 13h32. Caso tenha o reconhecimento desta transação digite SIM, caso desconheça digite NÃO", dizia a mensagem.


PRIMEIRA INTERAÇÃO


Priscila respondeu ao golpista que sabia o que ele estava fazendo. Segundo ela, irritado, ele confessou que clonou o cartão da vítima pelo menos duas vezes: "sei tudo seu". Em seguida, enviou várias informações pessoais da estudante.


"Eu não sabia que ele tinha acesso a tudo isso de informação, nem o meu NIS [Número de Identificação Social] eu sabia, mas ele tinha", desabafou Priscila.


MUDOU O TOM

Logo depois de amedrontar a estudante, o criminoso mudou o tom da conversa. "Nossa, Pri. Mas você é uma gatinha, hein. Manda uma foto sua para eu ver. Pri, vem se envolver, 'bb'", flertou. Ele chegou a perguntar se a estudante era a mesma da foto do perfil e disse que largava "até o golpe" para ficar com ela.


Priscila enviou a foto para saber até onde ele iria. "Desculpa aí, amiga. 'Nóis' tá na luta. Não sabe quem é quem. Você tem entendimento. PIX tá bloqueando. Civil tá atrás. Tá puxado", confidenciou o golpista à vítima.


Ele ainda pediu para a estudante pedir para a família tomar cuidado com os golpes e disse: "Fica com Deus, amiga". A interação arrancou risadas de Priscila.


"Eu não esperava essa reação dele, achei que ele não fosse nem me responder. Não nos falamos mais, mas fica o alerta porque muitas pessoas caem nesse tipo de golpe, mesmo sendo comum. Tomem cuidado", alerta a estudante.


Diário do Nordeste