Impasse entre Izolda e Roberto Cláudio no PDT será decidido por diretório regional dia 18 de julho - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





segunda-feira, 11 de julho de 2022

Impasse entre Izolda e Roberto Cláudio no PDT será decidido por diretório regional dia 18 de julho



O presidente do PDT Ceará, André Figueiredo, disse nesta segunda-feira (11), após reunião com a bancada de deputados federais e estaduais do partido que a definição da pré-candidatura do PDT ao Governo do Estado será feita pelo diretório regional em evento no dia 18 de julho.


"A gente está em um momento de afunilamento e, em não havendo a opção de um consenso em torno de um dos nomes, a instância natural é o voto por parte do diretório regional", disse Figueiredo ao sair do encontro.


Na semana passada, após reunião dos quatro pré-candidatos com o pré-candidato a presidente Ciro Gomes, o ex-prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio já havia anunciado o encontro do partido antes das convenções.


De lá para cá, no entanto, houve um acirramento entre correligionários e aliados por declarações de apoio a Roberto Cláudio e a governadora Izolda Cela. Além deles, também estão na lista o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão, e o deputado federal Mauro Filho.


MANTER UNIDADE


Outro ponto ressaltado pelo presidente estadual foi que o partido "não vai admitir" movimentos de oposição após ser definido um nome. "Não vamos admitir é que, tomada uma decisão por parte das instâncias deliberativas do partido, que haja vozes discrepantes", afirmou.


"Essa reunião foi boa porque juntou os 13 estaduais e os 7 federais e nós tivemos uma uniformidade. Vamos evitar - por mais que cada um de nós venha a ter ou não uma preferência por candidato A, B, C ou D, que evitemos que, nessa semana que antecede a decisão, de ficarmos publicando notas, posicionamentos até de certa forma agressiva, com nossos outros companheiros candidatos", disse Figueiredo.


Nenhum outro deputado se manifestou sobre a reunião. Pouco antes, ao sair, Ciro Gomes chegou a falar com a imprensa no local rapidamente.


"Foi uma reunião muito franca, uma reunião de companheiros, pareceu consenso de que o que está em jogo é o destino do Ceará, não é só o destino do PDT, nem só o destino dos  pré-candidatos, todos eles muito qualificados, e que nós precisamos achar um caminho para restaurar a unidade que infelizmente tem sido muito insultada, muito agredida por erros de parte a parte", disse Ciro.


Diário do Nordeste