Mulher usa guarda-chuva para se defender e mata suspeito de importunação sexual em Sobral - Revista Camocim

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







segunda-feira, 6 de junho de 2022

Mulher usa guarda-chuva para se defender e mata suspeito de importunação sexual em Sobral


Uma mulher de 25 anos usou um guarda-chuva para se defender um homem após ter sido vítima de agressões e importunação sexual, nesse sábado (4), em Sobral. O suspeito foi atingido pelo objeto e morreu. 


Segundo a Secretaria de Segurança e Defesa Social (SSPDS), a jovem foi conduzida à delegacia do município e alegou ter usado o guarda-chuva para se defender do homem.


No relato aos investigadores, a vítima disse que estava caminhando pela Rua Cel. Diogo Gomes, no bairro Centro, quando foi abordada pelo suspeito. Na ocasião, ao se defender, ela teria o atingindo com o objeto.   

Ferido, o homem foi encaminhado para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral, mas não resistiu. Segundo a unidade hospitalar, o paciente deu entrada às 18h28 com uma perfuração na região do fêmur, vindo a óbito minutos depois devido a uma parada cardiorrespiratória pós-traumática. 


A Polícia Militar do Ceará (PMCE) foi acionada e colheu as primeiras informações sobre a ocorrência. O homem que morreu já tinha antecedentes por ameaça, danos e injúria.


A mulher foi conduzida para a Delegacia Municipal de Sobral, onde foi instaurado um inquérito policial por portaria, posteriormente transferido para o Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP), da Delegacia Regional de Sobral, que ficará a cargo das investigações, conforme a SSPDS.


Diário do Nordeste