Barroquinha na relação dos municípios cearenses que devem receber profissionais do programa "Médicos pelo Brasil" - Revista Camocim



Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Para mais mais informações, clique na imagem





quinta-feira, 21 de abril de 2022

Barroquinha na relação dos municípios cearenses que devem receber profissionais do programa "Médicos pelo Brasil"

Profissionais devem atuar em postos de saúde em localidades de difícil acesso e com populações vulneráveis



As unidades básicas de saúde de cidades cearenses devem receber o reforço com profissionais do programa Médicos pelo Brasil com a primeira convocação feita nesta segunda-feira (18) de 59 candidatos. Os médicos devem atuar em municípios com acesso dificultado e com população vulnerável.


O programa foi formulado em 2019, de acordo com a Lei nº 13.958, em substituição ao Mais Médicos. A iniciativa presta atendimento a locais com dificuldade de abastecimento e de alta vulnerabilidade.


Essa é a primeira contratação do programa e novas convocações devem acontecer ao longo de 2022. Para o País, o Governo Federal investiu cerca de R$ 783,6 milhões com mais de 4,6 mil vagas.


VEJA AS CIDADES CEARENSES ATENDIDAS NESSA FASE DO MÉDICOS PELO BRASIL:


  • Abaiara
  • Amontada (2)
  • Apuiarés 
  • Aracati (2)
  • Assaré
  • Barroquinha 
  • Baturité
  • Beberibe 
  • Boa Viagem
  • Carnaubal
  • Catarina 
  • Cedro (2)
  • Chorozinho (2)
  • Crateús (2)
  • Croatá
  • Cruz 
  • Deputado Irapuan
  • Farias Brito
  • Guaraciaba do Norte
  • Icapuí (2)
  • Ipueiras (2)
  • Itaiçaba 
  • Jaguaretama (2)
  • Jaguaribara 
  • Jaguaribe
  • Jaguaruana
  • Jucás 
  • Maracanaú
  • Massapê
  • Milagres 
  • Mombaça 
  • Mucambo 
  • Novo Oriente
  • Pacoti 
  • Palhano 
  • Paramoti 
  • Pentecoste 
  • Pindoretama (2)
  • Pires Ferreira
  • Quixelô
  • Quixeré
  • Russas 
  • Saboeiro 
  • São Benedito (2)
  • São Luís do Curu
  • Tamboril
  • Tarrafas
  • Uruburetama 


Como funciona o Médicos pelo Brasil


O Médicos pelo Brasil acontece com contratação dos profissionais pelo regime de Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Até então, os contratos eram temporários de até três anos.


Os aprovados no programa serão alocados em unidades de saúde predefinidas pelo Ministério e terão dois anos para realizar curso de especialização em medicina de família e comunidade.


Diário do Nordeste