Morre padre Antônio, reitor do Santuário Nossa Senhora de Fátima na Serra da Ibiapaba - Revista Camocim

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







sexta-feira, 11 de março de 2022

Morre padre Antônio, reitor do Santuário Nossa Senhora de Fátima na Serra da Ibiapaba

Padre exercia também a função de Exorcista Oficial da Diocese de Tianguá

Morreu ontem (10), em decorrência de problemas cardíacos, o Padre Antônio Martins Irineu, Reitor do Santuário Diocesano de Nossa Senhora de Fátima, em São Benedito/CE. Ele estava internado na UTI do Hospital do Coração em Sobral desde o dia 8 de março, após ter sofrido um choque cardiogênico. 


O sacerdote era natural do município Barra do Corda, Estado do Maranhão. Na diocese de Tianguá exerceu os cargos de pároco da Paróquia São Benedito, Vigário Geral e Ecônomo da Diocese de Tianguá. Era também o exorcista oficial da diocese. 
 

"Padre Antônio, como era conhecido, foi um homem de oração e ação, um sacerdote zeloso e empreendedor, um verdadeiro Missionário da Misericórdia de Deus, ofício que havia recebido de Sua Santidade, o Papa Francisco. Atualmente, além de Reitor, exercia também a função de Exorcista Oficial da Diocese de Tianguá. Grande mentor e idealizador do Santuário Diocesano de Nossa Senhora de Fátima, dedicou boa parte de seu ministério presbiteral ao desenvolvimento deste importante centro religioso de devoção mariana. Asseguramos neste momento de dor e provação a nossa comunhão de oração, confiantes na misericórdia de Deus e em sua fortaleza. Ele volta para a Casa do Pai deixando saudades em todos nós. Confiemos no Senhor e acalentemos a esperança de que um dia nos reencontraremos no festim da eternidade onde contemplaremos a Deus face a face", disse em nota oficial o bispo de Tianguá,  Edimilson Neves.


Carlos Jardel