Sargento Ésio diz que irá recorrer da decisão do Juiz, pedindo a revogação das medidas cautelares - Revista Camocim



Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022

Sargento Ésio diz que irá recorrer da decisão do Juiz, pedindo a revogação das medidas cautelares



O Sargento do Exército Ésio Cruz, em contato com o blog, disse que ainda não foi informado oficialmente da decisão do Juiz Tiago Dias da Silva, da 1ª Vara da Comarca de Camocim, sobre a aplicação de medidas cautelares em seu desfavor. A informação chegou através do blog, no entanto, adiantou que irá recorrer da decisão, se preciso, em todos os tribunais da Justiça. Disse ainda estar tranquilo, porque acredita na correção da decisão de juízo de 1º grau. 


O militar do  Exército disse também que denunciou o supervisor da unidade judiciária da Primeira Vara de Camocim na Corregedoria local e na CNJ, e que, "por tanto, esse processo não deveria ser apreciado pelo juiz da Vara, porque existe a questão da suspeição".


 "Mesmo que a decisão tenha sido do Juiz e não do Supervisor, mas existe a influência". Explicou. O sargento acredita que o caso deveria ter sido apreciado na Comarca de Granja. 




O  magistrado também determinou que o  sargento do Exército se distancie da residência e do local de trabalho do advogado sob pena de haver imposição de medidas mais restritivas, inclusive a decretação da prisão preventiva.


LEIA TAMBÉM




Carlos Jardel