Prefeito testemunha homicídio, persegue e prende o suspeito em Juazeiro do Norte - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os produtos

Clique na imagem e faça agora sua pré-inscrição. Vagas limitadas!


Para mais mais informações, clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem
R.General Tibúrcio, vizinho à Academia de Letras, Centro.Telefone: (88) 9 9422 2120.









quarta-feira, 15 de dezembro de 2021

Prefeito testemunha homicídio, persegue e prende o suspeito em Juazeiro do Norte



O prefeito de Juazeiro do Norte, Glêdson Bezerra, que também é policial civil de carreira, perseguiu e prendeu um suspeito de homicídio após testemunhar o crime no Bairro Triângulo, na cidade do interior do Ceará, na manhã desta terça-feira (14). O prefeito colidiu o carro na moto do suspeito e atirou na perna para impedir que ele fugisse a pé.


Segundo o gestor municipal, ele estava em um carro com a mulher, a caminho de uma rádio do município, quando passou por uma rua e viu uma movimentação estranha. Alertado pela companheira, o prefeito retornou ao local e presenciou um homem ferido, com uma faca cravada no corpo, e o suspeito tentava fugir do local.


"No primeiro momento não tinha percebido, eu estava passando no veículo, estava dirigindo e minha esposa me chamou atenção perguntando o que era aquilo. Quando eu voltei, o indivíduo fugiu na moto em alta velocidade. Olhei rapidamente e percebi que tinha uma vítima já agonizando, corri atrás do indivíduo, dei voz de parada e ele não parou", relata o prefeito.


Durante a perseguição, Glêdson Bezerra chegou a jogar o carro contra a moto do criminoso, que caiu do veículo, mas continuou fugindo a pé. O homem só foi capturado após ser baleado na perna.


"Quando joguei o carro, já em um terreno baldio, bem mais a frente do local do crime, ele caiu, saiu correndo. Eu também saí correndo atrás dele, dei voz de parada, ele voltou simulando uma reação e tive que dar um tiro na perna dele, na altura da canela. Somente nesse momento eu consegui imobilizar", afirma o gestor municipal.

A primeira-dama de Juazeiro, Sandra Cavalcante, ficou no local do crime enquanto Glêdson perseguia o suspeito e acionou uma ambulância para socorrer o homem ferido. Quando os socorristas chegaram ao local, a vítima já estava sem vida.


Já o suspeito foi socorrido para o Hospital Regional do Cariri e está sob escolta policial. Ele disse aos agentes que o homem que ele esfaqueou teria roubado a mãe dele. Após receber alta, ele será levado para a Delegacia Regional de Juazeiro, que investiga o caso. O prefeito Glêdson Bezerra também vai ser ouvido pela Polícia Civil.


G1 da Globo CE