Depois de um ano de abandono, Betinha começa a entupir prefeitura de contratados - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os produtos

Clique na imagem e faça agora sua pré-inscrição. Vagas limitadas!


Para mais mais informações, clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem
R.General Tibúrcio, vizinho à Academia de Letras, Centro.Telefone: (88) 9 9422 2120.









terça-feira, 14 de dezembro de 2021

Depois de um ano de abandono, Betinha começa a entupir prefeitura de contratados



O velho e clássico clichê  que diz: “quando você pensa que já viu de tudo” —   utilizado para temperar as ironias do mundo — nunca fez tanto sentido em Camocim como nos últimos anos. E por que estou dizendo isso? Ora, porque a prefeita de Camocim, Betinha Magalhães Aguiar, resolveu utilizar o absurdo administrativo para provocar a inteligência, ressaltar a burrice e alimentar a politicagem que caracteriza seu governo. 


Veja: depois de praticamente um ano — já no final deste 2021 —  foi que  a chefe do executivo do sofrido Camocim resolveu entupir alguns órgãos da máquina pública, especialmente da saúde, de servidores contratados. Isso após ter deixado, sem motivos plausíveis, extremamente fragilizado o atendimento público durante todo o ano. 


Contudo, o mais agravante  é que parte desses servidores foram lotados apenas meio expediente. Ou seja, dividindo o salário com outros e sem saberem até quando continuarão recebendo essa humilhação.


De uma tacada só a prefeita Betinha humilha os contratados e demostra total falta de zelo pelo atendimento público, deixando claro que o ano eleitoral [2022] é sempre o ideal para a contratação, afinal de contas Sérgio Aguiar  precisa do  seu exército de cabos eleitorais nas ruas. 


Carlos Jardel