Merenda Escolar sem qualidade: Conselho Tutelar envia oficio cobrando a Secretária da Educação de Camocim - Revista Camocim

Matricule seu filho: clique na imagem para mais informações














segunda-feira, 1 de novembro de 2021

Merenda Escolar sem qualidade: Conselho Tutelar envia oficio cobrando a Secretária da Educação de Camocim




O Conselho Tutelar cobrou providências da Secretária da Educação de Camocim, Professora Marciana de Araújo Almeida, para que resolva, "na mais brevidade possível", a problemática da merenda escolar dos alunos da rede pública municipal, que está sendo servida com baixa qualidade nutricional.  A informação chegou ao blog através de uma fonte da pasta, que pediu para não ser identificada a fim de  evitar perseguição politica. 


No oficio,  enviado e recebido no dia 29 de outubro,  o Conselho Tutelar deixa claro que a situação viola direitos garantidos no Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA e o Programa Nacional de Alimentação Escolar - PNAE.


O Revista Camocim publicou com exclusividade, no dia 1º de outubro deste ano, uma matéria  denunciando o problema da merenda escolar, após receber  registros de pais de alunos e de professores.  


LEIA: Retorno das aulas presenciais em Camocim e a merenda escolar é um problema: mingau e suco garapa!


O caso repercutiu na imprensa local, nas redes sociais e na Câmara de Vereadores. O vereador Mário Roberto informou, durante entrevista, que foi a própria secretária da educação, que determinou a distribuição de merenda sem qualidade.


LEIA TAMBÉM: Merenda escolar de péssima qualidade servida aos alunos foi ordem direta da Secretária da Educação de Camocim


Carlos Jardel 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.