Jovem especial morre após suposto estupro no interior de Granja ; idoso acusado é executado com 17 tiros - Revista Camocim













segunda-feira, 22 de novembro de 2021

Jovem especial morre após suposto estupro no interior de Granja ; idoso acusado é executado com 17 tiros

 



De acordo com as informações, o crime teria sido motivado por vingança  


A polícia registrou um crime de homicídio a bala durante a madrugada deste sábado, 20, na localidade de Caçapoeira, zona rural de Granja. A vítima foi identificada como Raimundo Nonato da Silva, vulgo Perneca, de 72 anos. Informações dão conta que a vítima teria sido responsável pela morte de uma deficiente mental de 25 anos que teria sido estuprada e espancada por ele no dia 13 de novembro. 


17 perfurações a bala 


A redação do blog Camocim Polícia 24h apurou que era por volta das 04h40 da manhã deste sábado, 20, quando pm’s do P.O.G. de Granja foram informados que na localidade acima citada havia ocorrido um homicídio a bala. Rapidamente os militares foram ao local e encontraram a vítima que é deficiente físico (só tem uma perna) já morto no chão, crivado de bala. No local foram encontradas cápsulas de calibre .9mm e .380. 


Trio encapuzado


Segundo relatos de populares, por volta de 02h40, um trio encapuzado invadiu a casa da vítima (morava sozinho) e efetuaram uma saraivada de tiros em seu corpo. O homem teve morte imediata. Após o crime, o trio fugiu do local, cada indivíduo em uma moto. Peritos da Pefoce informaram que no corpo da vítima havia 17 perfurações a bala, entre entradas e saídas. Os tiros atingiram cabeça, tronco e nádegas. O corpo do idoso foi levado ao IML de Sobral.


Crime de vingança 


Ainda de acordo com a polícia, o idoso morto brutalmente é tido como suspeito por familiares de Maria da Conceição da Costa, 25 anos, de tê-la supostamente estuprada e espancada violentamente no dia 13 de novembro, sendo que a mulher que era deficiente mental veio a óbito na noite do dia 17 de novembro em virtude das agressões. Relembre o Caso AQUI.  


Suspeito de ter praticado o crime, Perneca compareceu espontaneamente à Delegacia de Granja onde prestou depoimento negando autoria do fato e foi liberado em seguida. Ainda de acordo com a polícia, havia rumores na localidade de Caçapoeira que se Perneca não fosse preso ele iria pagar com a própria vida.   


Equipes da PM e da PC realizam diligências pela região à procura do trio assassino. Informações sobre o paradeiro dos criminosos podem ser repassadas ao 190, Sigilo e anonimato assegurado. 


Camocim Policia 24 horas 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.