Covid-19: Região Norte do Ceará começa a enfrentar problemas; Guaraciaba do Norte vive novo surto . - Revista Camocim













quarta-feira, 10 de novembro de 2021

Covid-19: Região Norte do Ceará começa a enfrentar problemas; Guaraciaba do Norte vive novo surto .

"Temos que fazer um esforço para acelerar a aplicação de vacina naqueles municípios com menor cobertura", alerta secretário do estado. 





O secretário da saúde do estado do Ceará, Dr. Marcos Gadelha,  se reuniu ontem (09) com prefeitos e gestores de saúde  para tratar de assuntos referentes ao enfrentamento da Covid-19. A informação é de que a Região Norte já enfrenta alguns  problemas, como por exemplo: os 20 leitos de UTI para atender pacientes em estado grave já estão 100% lotados, e com pacientes em regulação, esperando vagas. Estuda-se a possibilidade de abrirem mais leitos. 


O Município de Guaraciaba do Norte, na Serra da Ibiapaba, enfrenta um novo surto do vírus. A situação deixa em alerta os demais municípios, no sentido de adotarem medidas que possam evitar a chegada de uma terceira e mais avassaladora onda da doença. O secretário Gadelha aposta na aceleração da aplicação das vacinas para evitar o pior. 


"É necessário haver uma homogeneidade na cobertura vacinal. Temos que fazer um esforço para acelerar a aplicação de vacina naqueles municípios com menor cobertura. Só assim poderemos barrar o surgimento de novas variantes e de uma indesejada terceira onda da Pandemia", disse o Secretário Estadual da Saúde, segundo informou a assessoria de comunicação da pasta. 


A situação da  Área Descentralizada da Saúde de Camocim é de baixa nos índices de contaminação. Ou seja, os casos de Covid-19 estão em queda graças ao desempenho da campanha de vacinação.


Ainda conforme publicação da Assessoria de Comunicação da pasta estadual, "os  gestores da Sesa e dos municípios demonstraram união para lidar com a situação, concordando que a capacidade assistencial nas unidades hospitalares pode ser ampliada, caso necessário. Ao mesmo tempo, há uma articulação entre a Secretaria e os municípios para reforçar a testagem e, principalmente, sensibilizar os cidadãos e os entes públicos para a importância da vacinação como a medida mais eficiente para impedir a circulação viral e o surgimento de uma nova onda na pandemia".



O comunicado destacou também que  o Ceará passa, "em novembro de 2021, pelo momento de maior controle dos indicadores epidemiológicos de Covid-19. Todo o esforço do Governo do Estado em medidas de enfrentamento à pandemia, notadamente a vacinação, permite que haja avanços na retomada das atividades econômicas e sociais. Entretanto, a população precisa ter consciência de seu papel nessa retomada e evitar descumprir os protocolos de segurança sanitária que permanecem vigentes". 


Carlos Jardel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.