Rodrigo Pacheco garante que não haverá “frustração das eleições” em 2022 - Revista Camocim















sábado, 10 de julho de 2021

Rodrigo Pacheco garante que não haverá “frustração das eleições” em 2022



O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), disse nesta sexta-feira (9) que o Congresso não concorda e repudia qualquer tentativa de retrocesso em relação ao estado democrático de direito. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que não haverá eleições em 2022 se não forem “limpas”. O chefe do Executivo defende a implantação do voto impresso, algo que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não concorda.


“Tudo quanto houver de especulações de retrocesso, como a frustração das eleições, é algo com que o Congresso, além de não concordar, é algo que repudia veementemente”, afirmou Rodrigo Pacheco.


O presidente Bolsonaro voltou a defender o voto impresso durante encontro com apoiadores nesta sexta. “Não tenho medo de eleições. Entrego a faixa para quem ganhar no voto auditável e confiável. Dessa forma [voto na urna eletrônica], corremos o risco de não termos eleições ano que vem. É o futuro de vocês que está em jogo”, disse. Uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que defende o voto impresso está tramitando na Câmara dos Deputados. A PEC é de autoria da deputada Bia Kicis (PSL-DF).


Rodrigo Pacheco disse que as eleições são inegociáveis, independente do formato utilizado. “O formato, que é algo que se discute hoje, essa é uma discussão que haverá de se ter com todos os personagens da República. Essa definição não será feita pelo Poder Executivo, não será feita pelo TSE. Será feita por uma PEC que está sendo debatida pela Câmara, e a decisão que houver haverá de ser respeitada por todos os poderes e todas as instituições do Brasil”, garantiu.


CN7

Nenhum comentário:

Postar um comentário