Lixeiras insuficientes não servem pro lixo produzido nos bares, lanchonetes e restaurantes da Beira Mar de Camocim. - Revista Camocim















sexta-feira, 30 de julho de 2021

Lixeiras insuficientes não servem pro lixo produzido nos bares, lanchonetes e restaurantes da Beira Mar de Camocim.





O lance da implantação das lixeiras de concreto na avenida Beira Mar Camocim é excelente apenas para armazenar o  lixo produzido pelas pessoas que transitam no calçadão consumindo pipoca, algodão doce, chocolates,  bebendo água  ou refrigerantes nos descartáveis recipientes etc. Já para o lixo produzido nos bares,botecos, restaurantes, lanchonetes e quiosques, as lixeiras instaladas pela prefeitura não servem, são insuficientes. 


A prova disso ocorre pouco tempo depois da meia noite, quando os trabalhadores desses estabelecimentos começam a limpar o ambiente e ensacar o lixo. Sacos e mais sacos são despejados na avenida, criando um cenário de imundice, sendo visto pelos primeiros trausentes, nas primeiras horas do dia, durante suas atividades físicas. Dentre essas pessoas, os turistas que, certamente não conseguem ter uma boa impressão.  


Contudo, são os animais, principalmente os cães e os porcos, que mandam e desmandam na Beira Mar. São eles os primeiros a visualizarem o lixo e partirem  pra cima, extraviando as sacolas para saciarem a fome.  Depois disso, eles completam a imundice, defecando e urinando.


É  um problema crônico, inclusive de saúde pública, que requer boa vontade do poder público para resolver.  Eis algumas dicas:


1- criar/recriar - sei -lá - a carrocinha para capturar os animais das ruas e colocá-los em um ambiente apropriado, até que os donos, mediante pagamento de multa, os resgatem e assinem um termo  se comprometendo em não mais criar animais solto nas ruas.  Mas se por acaso os donos não apareçam, a equipe de zoonose entra em ação para determinar o futuro dos animais, considerando, lógico, a saúde pública. 
 

2- Já está passando da hora da prefeitura inaugurar um horário diferenciado para a coleta de lixo na Avenida Beira Mar, de preferência na madrugada, logo após o encerramento das atividades dos estabelecimentos comerciais , assim como fazem várias cidades que tem a vocação turística e  uma vida noturna igual ou semelhante a de Camocim. 










Carlos Jardel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.