Secretaria da saúde de Camocim nega vacina para Policiais Penais (do grupo prioritário) - Revista Camocim

quarta-feira, 5 de maio de 2021

Secretaria da saúde de Camocim nega vacina para Policiais Penais (do grupo prioritário)



A Secretaria da Saúde de Camocim se recusou a vacinar profissionais da Segurança Pública do Estado do Ceará que moram em Camocim, mas que trabalham no serviço penitenciário de Sobral. A informação foi repassada ao radialista Miqueias Santos por um Policial Penal, que só conseguiu ser vacinado em Sobral após a intermediação de seus superiores e ao comprovar a profissão incluída como prioridade no Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19. 


Alfinetada


Muito sem lógica e irresponsável a atitude da Secretaria da Saúde de Camocim. Os profissional é grupo prioritário comprovadamente, com decreto estadual vigente em seu favor, mora em Camocim, tem residência em Camocim, paga imposto em Camocim e não pode receber a vacina? Caramba! Irresponsabilidade e falta de bom senso aí caminham juntos. 


E o pior: a profissional que atendeu o Policial Penas ainda jogou uma piada burra " Eu não vou tirar a vacina de quem precisa para aplicar em quem não precisa". 


Como assim, não precisa? O "cara" trabalha diretamente com a comunidade de apenados correndo o risco direto de se contaminar e contaminar seus familiares e outros,  e não precisa da vacina?  E qual autoridade essa maluca tem para falar mais alto que um decreto sanitário?


Só Jesus na causa! 


Carlos Jardel 

Nenhum comentário:

Postar um comentário