ASSASSINATO DO RADIALISTA GLEYDSON CARVALHO COMPLETA 15 DIAS E CRIME CONTINUA IMPUNE - Revista Camocim

Clique na imagem e fale com a gente

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quinta-feira, 20 de agosto de 2015

ASSASSINATO DO RADIALISTA GLEYDSON CARVALHO COMPLETA 15 DIAS E CRIME CONTINUA IMPUNE



Até o momento, o assassinato do Radialista Gleydson Carvalho, ocorrido no dia 06 agosto, continua sem o desfecho positivo que o Mundo aguarda. Nem os executores do crime e muito menos seus mandantes ainda não foram colocado atrás das grades, muito embora o Delegado  Regional de Policia Civil, Herbert Ponte, tenha divulgado para a população que o crime já foi elucidado e que, inclusive, existem mandados de prisões em abertos.

O site 180 Graus ( do Estado do Piauí)  que também tem acompanhado o caso, publicou uma matéria citando nomes de supostos envolvidos  e questionando o aparato do Estado do Ceará no tocante ao crime.

"O Estado, no Ceará, mas propriamente a estrutura de poderes que o compõe, poderá vir a ser reconhecido, se já não o é, como um inerte e senil arcabouço burocrático agachado diante da prática da pistolagem, se não der uma resposta à altura para a morte do radialista Gleydson Carvalho, assassinado a tiros quando apresentava um programa na Rádio Liberdade FM. Esse caso levanta, inclusive, suspeitas sobre até onde o Estado é, ou vai ser capaz de ir para solucionar esse crime.

Daí a necessidade das entidades nacionais e até internacionais de defesa da Liberdade de Expressão, que engloba a de Imprensa, estarem atentas para cobrar das autoridades devidamente constituídas a solução em toda a sua essência desse lamentável episódio, com a exemplar responsabilização de todos os acusados e envolvidos nesse crime, que pela descrição, de posse do 180, colhida in loco, se desenha sorrateiro, desumano.

Se mostrou bastante preocupante, como divulgado último final de semana, também pelo 180, uma nota oficial vinda da secretaria de Segurança Pública do Governo do Ceará direcionada a este portal de notícias, afirmando que “com a identificação dos cinco envolvidos no delito, a Polícia Civil elucidou o caso”. Como se vê, a Secretaria de Segurança do governo afirmou, sem que o inquérito estivesse ou esteja terminado, que são somente cinco os envolvidos.

Seriam eles dois já presos, que deram apoio ao plano de matar, ainda dois pistoleiros - que estão soltos, e um suposto mandante, também solto".

Clique AQUI  para ler a matéria na íntegra

Carlos Jardel