ESTUDO ESTIMA QUE GATOS MATAM BILHÕES DE ANIMAIS E AMEAÇAM VIDA SELVAGEM DOS EUA - Revista Camocim

Clique na imagem e fale com a gente

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

ESTUDO ESTIMA QUE GATOS MATAM BILHÕES DE ANIMAIS E AMEAÇAM VIDA SELVAGEM DOS EUA


Segundo estudo, número de pássaros mortos por gatos era quatro vezes maior do que se pensava.
Os gatos estão entre as principais ameaças à vida selvagem nos Estados Unidos, matando bilhões de animais todos os anos – um número muito maior do que estimativas anteriores.
As conclusões são de um estudo [The impact of free-ranging domestic cats on wildlife of the United States] realizado por pesquisadores do Instituto Smithsonian de Biologia e Conservação e do Departamento de Pesca e Vida Selvagem dos Estados Unidos.
Os autores estimam que os gatos são responsáveis pela morte de entre 1,4 bilhão e 3,7 bilhões de pássaros e entre 6,9 bilhões a 20,7 bilhões de mamíferos todos os anos.
Publicado no site Nature Communications, o estudo diz que gatos de rua estão entre as piores ameaças, mas gatos domésticos também representam perigo.

Instinto matador
 Segundo os cientistas, mais animais estão morrendo nas patas de gatos nos Estados Unidos do que em acidentes em estradas, colisões com prédios (no caso de animais que voam) ou envenenamento.
O instinto caçador de gatos domésticos tem sido bem documentado em muitas ilhas mundo afora, em que felinos foram responsabilizados pela extinção de 33 espécies.
Já o impacto dos gatos em áreas continentais tem sido pouco estudado.
Por isso, os cientistas fizeram uma revisão dos estudos realizados até então sobre a ação predatória dos gatos.
A análise revelou que o número de mortes provocadas por esses animais era muito mais alto do que o que se sugeria anteriormente. Eles descobriram que o número de pássaros mortos por gatos era quatro vezes do que se acreditava até então.
Pássaros nativos dos Estados Unidos estão entre os mais ameaçados, seguidos por animais como camundongos, ratos-do-campo, esquilos e coelhos.  Leia o artigo na integra AQUI

Matéria pública no portal EcoDebate