Lançamento do programa "Engana Camocim" - Revista Camocim

Clique na imagem e se inscreva no nosso canal


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quarta-feira, 3 de julho de 2024

Lançamento do programa "Engana Camocim"



O pacote de obras ficou adormecido, parou no tempo. A cidade permaneceu em total retrocesso durante quatro anos: ruas sujas, turismo precário, iluminação pública decadente, saúde pública em caos, sem geração de emprego e renda, com muitos moradores tendo que buscar trabalho em outras cidades.


Não houve incentivo à economia local, famílias ficaram desassistidas socialmente, zero ações de preservação da cultura local, prédios históricos foram demolidos, projetos ambientais pararam, e a insegurança aumentou. O principal setor que deveria impulsionar o crescimento da cidade, o turismo, apagou-se. As pessoas que sonhavam com um Camocim melhor viveram um pesadelo e sentiram o dissabor da perseguição política.


E agora, às vésperas do período eleitoral, o que vemos? O lançamento de um pacote no valor de 40 milhões de reais. Querida prefeita, Camocim deveria ter avançado desde o início da sua administração. Às vezes, não acredito que você reside em Camocim. Passeia pela beira-mar? Nosso cartão postal é um acúmulo de sujeira e urubus. Penso que você não se depara com ruas esburacadas, alagadas em período chuvoso, pacientes desassistidos junto às suas famílias, pedintes, e a total desorganização dos serviços básicos e assistenciais.


Em qual setor Vossa Senhoria avançou? Ah, entendo: você avançou no retrocesso do município de Camocim, a cidade que parou no tempo, que não gera empregos e que só mostra serviço à população no ano eleitoral. Avançou na falta de assistência hospitalar, avançou na era da perseguição, onde aqueles que não seguem a sua cartilha, que não baixam a cabeça e não temem Vossa Senhoria e seu líder político são perseguidos e privados, inclusive, de seus direitos básicos. Avançou quando não permitiu que os vereadores legislassem em prol da população, fazendo-os trabalhar apenas para agradar a poucos, por ordem do seu líder.


ACORDA, POVO CAMOCINENSE, A HORA É AGORA!


Por Iracema Gonçalves, enfermeira efetiva do município de Camocim, demitida injustamente por pura perseguição política