PT nacional confirma apoio à reeleição de Roberto Pessoa na Prefeitura de Maracanaú - Revista Camocim

Se inscreva nosso canal no YouTube


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




terça-feira, 11 de junho de 2024

PT nacional confirma apoio à reeleição de Roberto Pessoa na Prefeitura de Maracanaú




A Executiva Nacional do PT referendou, nesta segunda-feira (10), posição do diretório municipal de Maracanaú e homologou apoio à pré-candidatura de Roberto Pessoa (União) à reeleição na Prefeitura. O caso era objeto de desacordo entre a ala local que defendia a recondução do prefeito e a que preferia a investida do deputado estadual petista Julio Cesar Filho ao Executivo. Na disputa na instância municipal, em março deste ano, o primeiro grupo venceu.


A análise na Executiva Nacional foi adiada algumas vezes por diversos motivos. O assunto devia ter sido avaliado na última segunda-feira (3), mas foi postergado devido a um problema de agenda da presidente do PT nacional, a deputada federal Gleisi Hoffmann. 


"A direção municipal fica autorizada a concluir as negociações, onde for necessário, para a indicação dos nomes para concorrer aos cargos de vices e eventuais ajustes na chapa de candidaturas proporcionais em função do número de vagas para o PT definidas no âmbito da Federação e para o cumprimento da cota de gênero", apontou o documento da resolução nesta segunda. 


Além de Maracanaú, o PT homologou a situação de outros 25 municípios com mais de 100 mil habitantes, entre eles, Juazeiro do Norte. A cidade caririense terá Fernando Santana como representante da legenda na disputa pela Prefeitura, que vai ocorrer apenas em primeiro turno. Isso porque o eleitorado ficou ligeiramente abaixo do contingente de 200 mil, após o período de alistamento eleitoral.


Segundo membro da Executiva, a reunião foi rápida e seguiu postura comum a outros casos. É raro que haja divergência entre instâncias menores do partido e a esfera nacional, mas o deputado ainda pode recorrer da decisão no diretório nacional. O Diário do Nordeste buscou Julio César Filho para entender como o parlamentar agiria a respeito disso, e aguarda retorno.


“Infelizmente, fomos derrotados, mas vamos recorrer da decisão porque existe uma resolução no PT que diretórios de cidades com mais de 100 mil habitantes precisam remeter as decisões às instâncias superiores: o diretório estadual e nacional. Então iremos atuar junto aos nossos líderes para fazer essa sensibilização pela nossa candidatura”, disse o deputado em março.



Diário do Nordeste