Vídeo mostra momento que suplente de vereador é morto no Crato; veja - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




segunda-feira, 13 de maio de 2024

Vídeo mostra momento que suplente de vereador é morto no Crato; veja

 


Um vídeo A QUI de câmeras de segurança mostra o momento em que o suplente de vereador Erasmo Morais é morto a tiros, no Crato. Nas imagens obtidas neste domingo (12), é possível ver o momento que dois homens saem de um veículo branco e abordam a vítima que saía de um carro.


O Diário do Nordeste confirmou a veracidade do vídeo com uma fonte da Polícia Militar. A dupla, que usava balaclavas, começa a atirar no político que corre para a esquina. Em seguida, os atiradores disparam a arma 47 vezes. Não se sabe quantos tiros a vítima recebeu, mas foram disparados 31 projéteis de fuzil e 16 cápsulas de pistola. 


O veículo utilizado pelos suspeitos passou pelo Rio Grande do Norte e foi visto na entrada de Juazeiro poucos dias antes do crime.


Erasmo foi investigado e preso em 2010, suspeito de extorsão, organização criminosa, tortura, sequestro e peculato. O político também foi policial militar e havia sido expulso da corporação em 1995.


MORTE DE SUPLENTE DE VEREADOR


Erasmo Morais, 53, suplente de vereador eleito pelo Pros, mas atualmente no PL, foi morto com disparos de fuzil na entrada da própria casa, no Crato (CE), no início da tarde desta terça-feira (7). O crime aconteceu no bairro Mirandão. Dois homens chegaram de carro, efetuaram disparos e fugiram do local. O caso é investigado pela Delegacia Regional do Crato.


O corpo de Erasmo Morais foi levado para ser periciado na unidade da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), em Juazeiro do Norte (CE). 


Segundo o prefeito de Crato, Zé Ailton, o executivo municipal demandou apoio da Segurança Pública estadual para encontrar os culpados pelo crime.


"Estou solicitando do Secretário de Segurança Pública do Estado do Ceará empenho nas investigações para que as autoridades policiais possam elucidar o mais rápido possível esse bárbaro crime. Que Deus console os amigos e familiares", declarou Zé Ailton.


Via Diário do Nordeste