‘Infância antirracista’: 34 cidades do CE serão formadas para acolher crianças negras e indígenas - Revista Camocim

Clique na imagem e se inscreva no nosso canal


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




terça-feira, 21 de maio de 2024

‘Infância antirracista’: 34 cidades do CE serão formadas para acolher crianças negras e indígenas


No Ceará, o projeto "Primeira Infância Antirracista" foi lançado para combater o racismo desde a infância. Realizado pelo Unicef, Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal e Secretarias da Igualdade Racial e da Proteção Social, o programa capacitará técnicos e gestores em 34 municípios. As cidades contempladas incluem Acaraú, Aquiraz, Araripe, Baturité, Beberibe, Brejo Santo, Caucaia, Crateús, Crato, Fortaleza, Granja, Horizonte, Icapuí, Iracema, Itapipoca, Itarema, Maracanaú, Mauriti, Missão Velha, Monsenhor Tabosa, Novo Oriente, Pacatuba, Pacujá, Poranga, Porteiras, Quiterianópolis, Quixadá, Salitre, São Benedito, São Gonçalo do Amarante, Sobral, Tamboril e Trairi. O foco é ampliar a qualidade dos serviços de saúde, educação e assistência social, promovendo uma infância livre de racismo e com políticas integradas que considerem nutrição, educação, saúde, interações responsivas e segurança. 


 Via Diário do Nordeste