Pais de alunos das Flamengas enfrentam crise de transporte escolar - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




segunda-feira, 15 de abril de 2024

Pais de alunos das Flamengas enfrentam crise de transporte escolar

Foto: arquivo do blog/meramente ilustrativa 


Há duas semanas, os pais dos alunos das Flamengas, Gregório, Rosário, Ferreira e Major, têm enfrentado dificuldades significativas com o transporte escolar. O veículo, supostamente pertencente ao Pastor André, que antes buscava os estudantes, simplesmente não aparece, deixando as famílias em estado de alerta e sem qualquer aviso prévio. Esta situação tem gerado desconforto e incerteza entre os pais, que agora se veem obrigados a buscar alternativas para garantir que seus filhos cheguem à escola.


"Quem tem uma moto, consegue deixar o filho na escola. E quem não tem? Principalmente agora, nessa quadra chuvosa?",  questionou um pai de aluno.


Infelizmente, não se trata de um caso isolado. Em outras localidades, a história se repete: os serviços de transporte escolar foram interrompidos devido à falta de pagamento e os proprietários dos veículos viram seus vencimentos serem reduzidos pela metade, supostamente por determinação da prefeita Betinha, do deputado Sérgio Aguiar e da ex-prefeita Monica Aguiar.


Até o momento, não há previsão para a regularização deste serviço essencial, deixando as famílias em uma situação cada vez mais delicada.


Carlos Jardel