El Niño enfraquece, muda cenário no CE e chuvas devem ficar dentro da média histórica em abril e maio - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quarta-feira, 3 de abril de 2024

El Niño enfraquece, muda cenário no CE e chuvas devem ficar dentro da média histórica em abril e maio


A tendência de chuvas abaixo da média no Ceará em 2024, projetada por especialistas desde o ano passado, pode não se confirmar. Com o El Niño mais fraco e o Oceano Atlântico com alta temperatura recorde, a previsão é de que os próximos dois meses da quadra chuvosa cearense (abril e maio) terminem com acumulado “dentro da normalidade”.


As informações são de Francisco Júnior Vasconcelos, doutor em Meteorologia e pesquisador da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), dadas em entrevista ao Diário do Nordeste nessa terça-feira (2).


Anualmente, a Funceme divulga dois prognósticos sobre o período de chuvas: um referente aos meses de fevereiro a abril, e um segundo que se estende até maio, mês que encerra a quadra chuvosa no Ceará. Em 2024, porém, a previsão para maio ainda não foi informada.


Francisco adiantou, contudo, que as análises do órgão apontam probabilidade de chuvas “dentro da normalidade”: ou seja, os acumulados para abril e maio têm maior tendência de ficarem em torno da média histórica.


“A previsão de curto prazo, para o final da estação, os últimos 2 meses, é de termos ainda esses eventos de precipitação acontecendo, mas não como fevereiro, que foi bem acima da normalidade e8m todo o Estado. É continuar dentro da normalidade”, avalia.


O doutor em Meteorologia reconhece que “todos os grandes centros de pesquisa do País estavam indicando um alto risco de termos uma seca, mas as coisas mudaram muito rápido”.


Via Diário do Nordeste