Sem o PDT do irmão Ciro, Ivo Gomes começa a tratar da eleição dos vereadores em Sobral - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quarta-feira, 13 de março de 2024

Sem o PDT do irmão Ciro, Ivo Gomes começa a tratar da eleição dos vereadores em Sobral



O prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PSB), vai dar início, nesta quarta-feira (13), às tratativas para a eleição municipal na Cidade, a principal da Zona Norte do Estado. O gestor fará uma reunião com vereadores da base aliada e pré-candidatos a vereador do grupo para começar a discutir a eleição para a Câmara Municipal. 


Até o momento, a sucessão em Sobral, berço político dos irmãos Ferreira Gomes, está cercada de incertezas. A principal delas é o rompimento entre os irmãos que se materializou nas eleições de 2022 e permanece até a presente data. 


Cid, Ivo e Lia seguem politicamente unidos, mas Ciro Gomes, o irmão mais velho, não tem aceitado nem tocar em assunto de reatar relações políticas com os familiares, de acordo com interlocutores do grupo político em Sobral. 


No dia 31 de janeiro deste ano, esta Coluna publicou um artigo, no qual relatava a confiança de aliados da família Ferreira Gomes de que os irmãos reatassem politicamente nas tratativas para a sucessão na cidade natal.


De lá para cá, entretanto, nada mudou na relação. Por isso, as tratativas iniciais para a formação das chapas de vereador serão feitas sem a definição sobre a situação do PDT de Ciro Gomes. 


Entre os vereadores da base, que dão folgada maioria a Ivo Gomes, há uma preocupação crescente com a montagem das chapas partidárias para a Casa. Todos estão à espera de orientações das lideranças do grupo sobre a questão partidária. 


O prefeito vai orientar os aliados a se filiarem ao PSB. Outra legenda paras abrigar os parlamentares será o Podemos, presidido no Ceará pelo prefeito de Aracati, Bismarck Maia, aliado de Cid e Ivo Gomes. O PDT, portanto, está fora das discussões. 


Sucessão ao Executivo 


O prefeito de Sobral disse a esse colunista que as tratativas iniciais ocorrem entre os vereadores pelo fato de a janela partidária ter uma data específica para o fechamento: dia 5 de abril. A prioridade até lá, diz ele, será acomodar os aliados nas legendas que farão parte da aliança. 


Ele admite que, ao lado do irmão Cid, já iniciaram as conversas sobre perfis que pretendem traçar para fazer o debate de quem será ungido cabeça de chapa na disputa pela Prefeitura em outubro. “Isso ainda vai ficar mais pra frente. Não temos pressa”, diz.


Diário do Nordeste