Marcos Coelho requer abertura de inquérito policial para apurar declarações criminosas do vereador César Veras - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




terça-feira, 12 de março de 2024

Marcos Coelho requer abertura de inquérito policial para apurar declarações criminosas do vereador César Veras


O vereador Marcos Coelho protocolou um Requerimento para a Presidência da Câmara solicitar ao Delegado de Policia Regional de Camocim que determine a abertura de um inquérito para apurar declarações do vereador César Veras, que após sessão ordinária, realizada em 05 de março, afirmou, na presença do presidente Emanoel Vieira, demais vereadores e servidores da Câmara, ter conhecimento de fatos que comprometeriam a conduta honesta do vereador Marcos Coelho.


“Considerando a natureza criminosa da afirmação do vereador César Veras, que seja apurado se este vereador [Marcos Coelho], durante seus mandatos, fora agraciado com benesses de qualquer forma, por parte dos presidentes e dos ordenadores de despesa da Câmara Municpal de Camocim, inclusive, se houve beneficio pessoal com contratos, com ou sem licitação, ou em diárias, ou em pagamento de servidores fantasmas, ou em todo e qualquer tipo de ato que caracterize ilícito, incluindo, até, apuração rigorosa, se houve pagamento relativo a votações plenárias”, solicita o autor do Requerimento, Marcos Coelho. 


O líder da bancada de oposição requer ainda que, “ao final, que se conclua no requerido procedimento policial se são verdadeiras ou mentirosas as ditas palavras do vereador César Veras”. O Requerimento será discutido e votado na próxima sessão legislativa. 




Carlos Jardel