Mãe é presa suspeita de deixar padrasto estuprar filha de 8 anos no interior do Ceará - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




terça-feira, 5 de março de 2024

Mãe é presa suspeita de deixar padrasto estuprar filha de 8 anos no interior do Ceará



Uma mulher de 53 anos foi presa suspeita de deixar que o companheiro estuprasse a filha dela, que tinha oito anos na época do crime. A mãe da vítima foi presa nesta sexta-feira (1º) em Tauá, no interior do Ceará. O crime aconteceu em julho de 2007, em Arneiroz, também no interior do estado.


Conforme a Polícia Civil, a mulher foi apontada como coautora do estupro de vulnerável. Com base no que foi apurado à época dos fatos, a vítima, que já sofria maus-tratos, foi estuprada pelo padrasto com o conhecimento da mãe.


O homem tinha 75 anos e foi preso pelas autoridades policiais. Com o decorrer das investigações, a Polícia Civil representou pela prisão da mulher, que foi acatada pelo Poder Judiciário.


A mulher foi encontrada na localidade de Fazenda Corisco, em Tauá. Ela foi conduzida para a Delegacia Regional do município, onde os trâmites para sua prisão foram realizados.


G1 Ceará