Camocim: 4ª pior cidade do Ceará que mais desempregou em 2023 - Revista Camocim

Clique na imagem e fale com a gente

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quinta-feira, 1 de fevereiro de 2024

Camocim: 4ª pior cidade do Ceará que mais desempregou em 2023



O Ceará criou 54 mil empregos com carteira assinada no ano passado e somente seis cidades contribuíram com mais de mil vagas para este saldo positivo do Estado.


A capital encerrou 2023 com pouco mais de 28 mil postos de trabalho formais criados, perfazendo mais de 50% do total estadual. Destaque também para Maracanaú, Juazeiro do Norte, Eusébio e Caucaia, que completam o top 5 das maiores geradoras de emprego do Ceará. Veja abaixo a lista com as 10 principais.


CIDADES QUE MAIS GERARAM VAGAS EM 2023 


  1. Fortaleza: 28.221 
  2. Maracanaú: 2.407 
  3. Juazeiro do Norte: 2.400 
  4. Eusébio: 2.136 Caucaia: 2.009 
  5. Mauriti: 985 
  6. Itapajé: 970 
  7. São Gonçalo do Amarante: 933 
  8. Aquiraz: 932 


Na outra ponta, muitas cidades acabaram registrando saldo negativo de empregos, quando o número de demissões supera o de contratações.
 

Confira as cidades que mais cortaram empregos em 2023.


 As piores

  • Pentecoste: -935 
  • Senador Pompeu: -648 
  • Irauçuba: -301 
  • Camocim: -293 
  • Apuiarés: -238 
  • Icapuí: -236 
  • Quixeré: -123 
  • Pacajus: -109 
  • Uruburetama: -104 
  • Itarema: -103

Diário do Nordeste