Ao perguntar sobre fardamento escolar, mãe de alunos relata que foi destratada pela secretária adjunta da educação de Camocim: "recebi ignorância e desrespeito" - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




terça-feira, 27 de fevereiro de 2024

Ao perguntar sobre fardamento escolar, mãe de alunos relata que foi destratada pela secretária adjunta da educação de Camocim: "recebi ignorância e desrespeito"



Carol Lima, mãe de alunos da rede pública municipal de Camocim, relatou que foi destratada pela secretária adjunta da educação de Camocim, Gilmara, quando questionou sobre a falta de fardamento escolar dos alunos.


“Fui altamente ignorada, ela não respondeu as minhas perguntas, não me olhou nos olhos, ela não conversou comigo. Ela simplesmente, sequer, nem parou de falar e fingiu que eu não estava ali. Ela disse que o fardamento estava em processo licitatório”, relatou a mãe que questionou se o processo  licitatória lava dois anos, porque a última vez que o município entregou fardamento foi em 2022 e, de lá pra cá, nada”.


As declarações da mãe de alunos foram postadas por meio de vídeo em rede social após o ocorrido na manhã desta terça-feira, em uma escola do município, durante evento de entrega de kits escolares, que contou com a presença da prefeita Betinha dos Aguiar.


“Quero saber se elas governam, se a gestão só funciona para quem baba elas?” questionou. “ Eu sou uma cidadã e tenho direito, sim, e elas tem o dever de me responderem quando faço minhas perguntas”.
 

Assista o vídeo


Carlos Jardel