Tauá assina concessão de abono aos profissionais da educação - Revista Camocim

Clique na imagem e fale com a gente

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quarta-feira, 17 de janeiro de 2024

Tauá assina concessão de abono aos profissionais da educação

Parece Camocim


A prefeita de Tauá, Patrícia Aguiar (PSD), assinou nesta terça-feira (16) a concessão de abono salarial do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para os professores e servidores administrativos remunerados pela folha dos 70%. A previsão é que o dinheiro esteja na conta dos beneficiados até o fim do mês de janeiro.


“Pagaremos aproximadamente R$ 800 mil de abono aos profissionais da educação, que será efetuado de forma proporcional à carga horária de trabalho, aos meses trabalhados em 2023 e à remuneração de cada servidor. São cerca de 1.600 profissionais beneficiados”, disse a prefeita. “Reiteramos o nosso compromisso com a valorização dos profissionais da educação e com uma educação inclusiva e de qualidade para os nossos alunos”, concluiu.


Também participou do momento Auci Oliveira, presidente do sindicato Sindicato dos Servidores Públicos lotados nas Secretarias de Educação e de Cultura do Estado do Ceará e nas Secretarias ou Departamentos de Educação e/ou Cultura dos Municípios do Ceará (Apeoc).


O projeto de lei foi aprovado por unanimidade pelos vereadores. “Agradecemos o apoio da Câmara de Tauá pela aprovação do projeto. Todos sabem que o ano de 2023 foi muito desafiador para os municípios. Mas, em Tauá, e de modo específico na Educação, com planejamento e equilíbrio administrativo e financeiro, realizamos diversos investimentos estratégicos e relevantes e concedemos o reajuste de 14,95% do piso do Magistério de forma linear a todos os professores”, completou o secretário da Educação de Tauá, João Álcimo


Opiniãoce


Alfinetada


Isso lembra a ex-prefeita Monica Aguiar e principalmente a atual prefeita, Betinha dos Aguiar, professora estadual concursada, que adora receber abono e precatório, mas odeia a possibilidade de conceder o mesmo aos professores da rede municipal. 


Carlos Jardel