Proteção animal: Ação conjunta de fiscalização apreende charretes e lavra auto de infrações na Vila de Jericoacoara - Revista Camocim

Clique na imagem e fale com a gente

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




sábado, 13 de janeiro de 2024

Proteção animal: Ação conjunta de fiscalização apreende charretes e lavra auto de infrações na Vila de Jericoacoara


Várias charretes foram apreendidas na Vila de Jericoacoara, na sexta-feira (12), durante uma ação conjunta de fiscalização - município e órgãos estaduais - visando o cumprimento do Decreto Municipal que proíbe a utilização de animais, especialmente equinos, em passeios turísticos em charretes e montarias.


A ação  seguiu a recomendação do Ministério Público Estadual, por meio do Promotor de Justiça Thiago Cardoso.


Inicialmente, segundo nota da prefeitura, foram apreendidas 11 charretes e lavrados autos de infrações, além de encaminhamentos aos órgãos públicos para análise de situações e providências.


O Secretário Estadual de Proteção Animal, Erich Douglas, e a Promotoria de Justiça participaram da Ação, que teve ainda a presença do  ICMBio, BPTUR, BPMA, SEMACE, Cooperativa dos Catadores de Materiais Recicláveis de Jericoacoara, Autarquia de Jericoacoara, Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, Secretaria Municipal de Turismo, Meio ambiente e Desenvolvimento Econômico e Secretaria de Segurança Pública e Trânsito.


“A ação se fez necessária tendo em vista as diversas tentativas, sem êxito, de conscientização dos sujeitos envolvidos na exploração do serviço de charretes e montarias com finalidade turística, vez que vários órgãos recebiam relatos de maus tratos de animais, colocando em risco as espécies e submetendo os animais à crueldade”, Justifica a prefeitura nas redes sociais oficiais.


Em paralelo, a Autarquia de Jericoacoara está credenciando todos os proprietários de charretes para os inserir em atividades e ocupações dentro do trade turístico.


“Salientamos que a fiscalização será contínua, bem como não abriremos a possibilidade da permanência da crueldade aos animais”, diz a nota. 


Carlos Jardel