Felipão diz que Júnior Fontenele rompeu com o grupo porque queria ser o candidato, mas está inelegível e com contas desaprovadas - Revista Camocim

Clique na imagem e fale com a gente

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




terça-feira, 30 de janeiro de 2024

Felipão diz que Júnior Fontenele rompeu com o grupo porque queria ser o candidato, mas está inelegível e com contas desaprovadas




“Devo informar a todos que, desde o princípio, o Júnior queria ser o candidato [a prefeito], porém ele está inelegível, com contas desaprovadas. Ele aceitou ser o vice-, mas contava que iria conseguir se limpar, o que não aconteceu, tudo indica que não irá acontecer, impossibilitando que ele esteja em qualquer chapa possível”, informou Felipão, vice-prefeito de Martinópole e pré-candidato a prefeito pelo grupo de oposição com apoio do deputado Romeu Aldigueri. 


Entenda


Em carta aberta, o ex-prefeito de Martinópole, Júnior Fontenele, comunicou seu desligamento da  oposição que tem o vice-prefeito Felipe Felix como pré-candidato a prefeito, alegando que o grupo está “carente de uma liderança”. Júnior era pré-candidato a vice no grupo.


A pré-candidatura de Felipão conta com apoio de vereadores, suplentes, ex-prefeito e de várias lideranças comunitárias. 




Carlos Jardel