Dorival será o primeiro técnico da história da Seleção com passagem pelo futebol cearense - Revista Camocim

Clique na imagem e se inscreva no nosso canal


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




segunda-feira, 8 de janeiro de 2024

Dorival será o primeiro técnico da história da Seleção com passagem pelo futebol cearense


A Seleção Brasileira terá novo técnico a partir desta semana. Trata-se de Dorival Júnior, de 61 anos. Com passagem por diversos clubes do país, o comandante estava no São Paulo, mas já trabalhou em terras cearenses, fazendo com que o profissional seja o primeiro da história da amarelinha a comandar os times de Ceará e Fortaleza. 


Seus primeiros passos em terras alencarinas aconteceram nos anos de 2004 e 2005, pelo Fortaleza. Onde atuou na beira do campo por 25 vezes, sendo demitido com um aproveitamento de 62,6%. A queda no Tricolor do Pici aconteceu no Campeonato Cearense, após empatar um jogo contra o rival, Ceará. 


Já pelo alvinegro, a passagem foi mais recente e teve um fim diferente. Dorival foi anunciado pelo Vovô no ano de 2022, após duas temporadas sem clube, o que causou uma desconfiança sobre o que o mister ainda poderia entregar no comando técnico de uma equipe. Vencendo o olhar desconfiado, o paulista conseguiu uma passagem histórica pelo Ceará. 


Com o treinador, o Vovô conseguiu resultados expressivos na Série A e avançou às oitavas de final da Copa Sul-Americana e da Copa do Brasil. Com 11 vitórias em 18 partidas (68,51% de aproveitamento), Dorival decidiu sair da equipe cearense para treinar o Flamengo, onde foi campeão da Copa do Brasil e também da Libertadores, em 2022, sendo trocado por Vítor Pereira para a temporada de 2023. 


Dorival Júnior assume a Seleção Brasileira respaldado pelo bom retrospecto recente no São Paulo, onde conquistou o título inédito da Copa do Brasil, em 2023.


Diário do Nordeste