Prefeito de Acopiara é afastado pela 3º vez do cargo em operação do Ministério Público do Ceará - Revista Camocim

Clique na imagem e fale com a gente

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quinta-feira, 21 de dezembro de 2023

Prefeito de Acopiara é afastado pela 3º vez do cargo em operação do Ministério Público do Ceará


Com apoio da Polícia Civil, o Ministério Público do Ceará (MPCE) cumpriu mandados de busca e de apreensão na Prefeitura de Acopiara nesta quinta-feira (21). Também encaminhou o um novo afastamento do prefeito Antônio Almeida Neto (MDB) do cargo, por 180 dias. Com isso, a vice-prefeita Ana Patrícia (Republicanos) assume o comando da administração pela terceira vez em pouco mais de um ano, após problemas do colega de chapa com a Justiça.


A posse será hoje, às 18h, na Câmara Municipal. Antônio Almeida voltou ao posto com autorização dada pela Justiça em setembro, interrompendo meses de afastamento. Mas as diligências desta quinta retomam a crise enfrentada pelo gestor e dão novo fôlego a vice, com quem é rompido politicamente.


Além disso, a operação “Verus Dominus”, deflagrada nesta quinta, afastou a secretária de Gabinete e a chefe da licitação da gestão. Também encerrou os contratos das empresas investigadas com a Prefeitura. 


Por meio da Procuradoria dos Crimes Contra a Administração Pública (Procap), o MPCE investiga possíveis crimes de corrupção, fraude em licitações, falsidade ideológica, associação criminosa e lavagem de dinheiro envolvendo servidores públicos e representantes de empresas de locação de veículos que prestam serviço à administração acopiarense. Foram cumpridos mandatos em Iguatu, Fortaleza, Ipaumirim e Baixio, ainda.


Com autorização da Justiça, as diligências também levaram à quebra dos sigilos bancários e fiscal dos envolvidos, a fim de mais corpo às investigações. No todo, foram apreendidos documentos, telefones celulares, computadores encontrados na casa dos alvos.


Prefeito se manifesta


Pelas redes sociais, o prefeito afastado Antônio Almeida se pronunciou sobre a operação, informando que está em casa e que sua equipe jurídica está trabalhando. 


"Quero dizer a vocês que, da mesma forma que a gente esclareceu a primeira e a segunda denúncia, também vai esclarecer essa terceira. O que eu peço é que vocês que são meus amigos e amigas continuem acreditando no Antônio almeida. A verdade vai prevalecer, a Justiça do nosso Estado, brasileira, vai nos dar ganho de causa", disse o gestor.


O Diário do Nordeste procurou a defesa de Antônio Almeida para esclarecimentos, mas não obteve retorno até o momento.


A reportagem também buscou a assessoria de imprensa da vice-prefeita Ana Patrícia para comentar os desdobramentos, mas não houve resposta até o fechamento desta matéria.


Diário do Nordeste