Flávio Dino e Paulo Gonet são aprovados pela CCJ em sabatina; veja resultado - Revista Camocim

Clique na imagem e fale com a gente

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quinta-feira, 14 de dezembro de 2023

Flávio Dino e Paulo Gonet são aprovados pela CCJ em sabatina; veja resultado


Após mais de 10 horas de sabatina, Flávio Dino, o indicado de Lula para se tornar ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), e o procurador Paulo Gustavo Gonet Branco, apontado para comandar a Procuradoria-Geral da República (PGR), foram aprovados pela CCJ nesta quarta-feira (13). A votação para a indicação de Dino terminou em 17 votos a 10. Já a de Gonet ficou em 23 votos a 4.


O Senado também aprovou a indicação do ministro para ocupar um assento no Supremo Tribunal Federal (STF). Dino recebeu 47 votos a favor e 31 contra no plenário do Senado, em uma votação que se seguiu a outra anterior na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da casa, onde foi sabatinado por mais de dez horas.


De forma inédita, as sabatinas de Dino e Gonet aconteceram de forma simultânea, com os indicados sentados lado a lado e respondendo blocos de perguntas feitos por três a cinco senadores.


Dino ocupará a cadeira deixada por Rosa Weber, que se aposentou ao 75 anos, quando atingiu a idade estabelecida pela regra da aposentadoria compulsória. Já Gonet irá substituir o ex-procurador Augusto Aras, que teve o mandato encerrado no final de setembro.


Diário do Nordeste