Festas de fim de ano e férias escolares: Atenção para evitar acidentes e lesões graves - Revista Camocim

Clique na imagem e fale com a gente

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




terça-feira, 12 de dezembro de 2023

Festas de fim de ano e férias escolares: Atenção para evitar acidentes e lesões graves


Nas férias escolares e festas de fim de ano sempre surge a necessidade de viajar e aproveitar este período. Mas, infelizmente, a imprudência de motoristas interrompe as comemorações de várias famílias. Outra preocupação nesta época, são as quedas no momento da diversão, as colisões e atropelamentos que causam muitas vezes, fraturas graves e lotam as emergências dos hospitais neste período do ano. Como explica o presidente da Cooperativa de Trabalho dos Médicos Traumatologistas e Ortopedistas do Estado do Ceará (Coomtoce), dr. Leonardo Drumond. “As consequências do desrespeito às leis de trânsito fazem parte da rotina nas emergências, principalmente do IJF, como o excesso de velocidade, falta de uso dos itens de segurança (cinto e capacete), falta de habilitação, desrespeito à sinalização, imprudência na direção, desatenção pelo uso de celular e efeito do uso de álcool”,detalha. 


A tradicional queima de fogos de artifício durante as festas exige muita atenção. “ A falta de cuidados pode causar ferimentos graves. Os materiais sempre devem ser comprados em lojas especializadas e nunca com ambulantes ou em comércios informais, observando todos os critérios de segurança exigidos pelos órgãos de controle. A queima deve ser realizada por adultos, em ambientes abertos e longe das pessoas”, ressalta o presidente da Coomtoce. 


As fraturas em crianças e idosos são comuns neste período do ano e para prevenir é importante prestar atenção nesses detalhes: a casa de férias deve ter iluminação adequada para idosos, retirar tapetes, plantas e demais obstáculos do caminho. Os banheiros devem ter barras de apoio e pisos antiderrapantes. As crianças, independente da idade, precisam de atenção permanente de um adulto, para que os momentos de diversão não representem perigo, principalmente em ambientes com escadas e janelas sem proteção. Os bebês, mesmo que por pouco tempo, não devem ser deixados desprotegidos sobre camas, cadeiras, mesas ou sofás. Muita atenção com as brincadeiras em piscinas e em árvores, pois qualquer descuido pode ocorrer 


Yara Barreto 

Analista de Comunicação