Evandro Leitão vai se filiar ao PT; esquenta disputa pela Prefeitura de Fortaleza - Revista Camocim

Clique na imagem para enviar o seu curriculum

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




segunda-feira, 11 de dezembro de 2023

Evandro Leitão vai se filiar ao PT; esquenta disputa pela Prefeitura de Fortaleza


O presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Evandro Leitão, vai mesmo se filiar ao PT. O ato deverá ocorrer no próximo sábado, dia 16 de dezembro. Com a filiação, já esperada, o parlamentar esquenta a disputa interna pela candidatura petista à Prefeitura de Fortaleza e também agita o cenário pré-eleitoral como um novo provável candidato ao Paço Municipal. 


Evandro Leitão estava filiado ao PDT, entretanto, conseguiu, no diretório estadual do Partido, sob comando de Cid Gomes, uma carta de anuência para a saída. O documento, posteriormente, foi confirmado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE), embora ainda caiba recurso.  


Na mesma oportunidade em que deve filiar o presidente da Assembleia Legislativa, o Partido dos Trabalhadores (PT) vai confirmar a chegada de prefeitos do Interior do Estado e reforçar suas representações municipais. Um dos principais nomes é o do prefeito de São Gonçalo do Amarante, Marcelo Teles, o Professor Marcelão. 


O evento do próximo sábado deverá ser um dos principais realizados pelo partido do governador Elmano de Freitas na fase de pré-campanha.


Nos bastidores, todos sabem que Evandro é o preferido do governador e do ministro da Educação, Camilo Santana, para concorrer ao Executivo Municipal.  


Além dele, há outros três pré-candidatos lançados: a deputada federal Luizianne Lins, a principal concorrente de Evandro Leitão, e os deputados estaduais Guilherme Sampaio e Larissa Gaspar. 


Além dos nomes petistas na disputa pela Capital, estão o prefeito da Capital, José Sarto, que deverá concorrer à reeleição, além de nomes como Capitão Wagner (União), André Fernandes (PL) e Eduardo Girão (Novo).


Diário do Nordeste