Martinópole — deputado Romeu une tradicionais grupos políticos na oposição e Felipão é lançado pré-candidato a prefeito - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




terça-feira, 5 de dezembro de 2023

Martinópole — deputado Romeu une tradicionais grupos políticos na oposição e Felipão é lançado pré-candidato a prefeito




O deputado estadual Romeu Aldigueri, no último domingo(3), uniu dois tradicionais grupos políticos do município de Martinópole — do líder Zenilson, duas vezes prefeito e do saudoso Fontenele, três vezes prefeito — e lançou a pré-candidatura do Felipão à prefeitura de Martinópole nas eleições do próximo ano. O nome do pré-candidato a vice será indicado pelo grupo “Coração Bom”, sob comando do ex-prefeito Júnior Fontenele. 


“Em prol do desenvolvimento e do bem-estar do povo de Martinópole, todos juntos! Com muito amor, compromisso, humildade e seriedade, unimos forças em prol de uma Martinópole Melhor Para Todos.
Acreditamos que a política é feita com um projeto forte e firme em prol da população e em breve, com Felipão, Júnior Fontenele e diversos amigos e amigas, Martinópole crescerá. Contem comigo”. Declarou Aldigueri.


“Sempre estive preparado para este momento, acompanhei a gestão do meu pai, fui vereador aos 20 anos, e agora vice-prefeito, e agente se preparou para este momento. Tenho certeza que, chegando lá, não iremos decepcionar Martinópole”, disse o pré-candidato durante entrevista ao radialista Miqueias Santos. 


Felipão, filho de Zenilson, é o atual vice-prefeito, mas rompeu recentemente com o chefe do executivo municipal, Betão, e com o líder político James Bel.


Em outra declaração pública, Felipão disse ter sofrido boicotes e perseguição política no governo, além de ter testemunhado o desinteresse da gestão municipal em relação aos cuidados com a população. 


Os vereadores Nilson Júnior — irmão de Felipão, presidente da Câmara de Vereadores — e João Sampaio, também romperam com James Bel e fecharam aliança com o deputado Romeu Aldigueri. 




Carlos Jardel, 
com Miqueias Santos